Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito do expectador em células-tronco mesenquimais e na imunomodulação

Processo: 13/23285-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Ricardo Ambrósio Fock
Beneficiário:Amanda Nogueira Pedro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/18366-7 - Avaliação do dano ao DNA em resposta ao efeito do expectador induzido pela radiação nas células-tronco mesenquimais, BE.EP.PD
Assunto(s):Transplantes   Células-tronco mesenquimais   Imunomodulação

Resumo

Tanto nas estratégias terapêuticas com nas exposições acidentais à radiação, tem se dedicado esforços para a compreensão do efeito do expectador incidente. Este efeito traduz as respostas celulares recebidas pelas células não irradiadas adjacentes às células que receberam a radiação. Os sinais emitidos pelas células alvo podem levar à diminuição da sobrevivência celular, causando dano citogenético, induzindo a morte celular, alterações bioquímicas e modulando a diferenciação celular, podendo ainda levar a respostas radioadaptativas nas células não irradiadas adjacentes àquelas que receberam a radiação, de forma que, na ausência das células-alvo diretamente irradiadas, tais respostas não ocorreriam. De forma geral, estes efeitos ocorrem pela liberação de fatores solúveis e comunicação célula-célula pelas junções comunicantes, e variam de acordo com o tipo celular, dose de radiação e microambiente celular, assim como da resposta do sistema imune nestas condições. O uso de células-tronco mesenquimais (CTM) tem sido explorado na clínica, tanto pela capacidade de se diferenciarem em células de diferentes tecidos (reconstituindo tecidos pós-injúria), quanto por sua habilidade imunoregulatória envolvida principalmente na supressão de célula T, enquanto seu papel na modulação de células B ainda seja bastante contraditório. A liberação de determinados fatores solúveis como interleucinas, fator de crescimento tumoral, inteferon gama, assim como alterações dos níveis de cálcio intracelular e produção enzimática (como a de metaloproteinases) tem sido identificados como fatores envolvidos nas funções exercidas pelas CTM. Assim, considerando a importância de um melhor entendimento do efeito do expectador, especialmente in vivo, e dado o panorama atual das terapias celulares, no qual células-tronco adultas de diferentes tecidos têm sido usadas como coadjuvantes terapêuticos, o estudo do efeito do expectador em células-tronco mesenquimais tanto in vitro quanto in vivo, visa agregar conhecimento em relação aos mecanismos expectadores por elas gerado, identificando sua correlação com a modulação do sistema imune, inflamação ou lesão radioinduzida, de forma que possa ser explorados na clínica para a modulação da sobrevivência, diferenciação ou morte celular.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)