Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos epigenéticos associados à obesidade e inflamação crônica

Processo: 14/02977-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:SILVANA AUXILIADORA BORDIN DA SILVA
Beneficiário:Amanda Rabello Crisma
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07607-8 - CMPO - Centro Multidisciplinar de Pesquisa em Obesidade e Doenças Associadas, AP.CEPID
Assunto(s):Epigênese genética   MicroRNAs   Endocrinologia   Inflamação   Diabetes mellitus   Obesidade

Resumo

Está bem estabelecido que a inflamação sistêmica crônica está envolvida na patogênese da resistência à insulina relacionada à obesidade, mas os mecanismos moleculares responsáveis por este processo ainda não estão totalmente esclarecidos. MicroRNAs (miRNAs) são reguladores da expressão gênica que agem como repressores pós-transcricionais. A propriedade dos miRNAs de realizar a regulação fina da expressão gênica os tornam ideais para a controle preciso do sistema imune. Evidências recentes mostraram que estes regulam diversas citocinas inflamatórias bem como as vias de sinalização dos toll-like receptors. O objetivo do projeto é caracterizar o perfil de microRNAs circulantes e tecidual (macrófagos e tecido adiposo), a fim de estabelecer sua função na regulação das vias inflamatórias em camundongos alimentados com dieta hiperlipídica. Também é objetivo deste projeto investigar a correlação entre a expressão de miRNAs circulantes relacionados à resposta inflamatória dos animais experimentais com o padrão de miRNAs circulantes de humanos.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.