Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da repercussão da exposição intrauterina ao formaldeído no desenvolvimento de infecção pulmonar na prole

Processo: 13/19708-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Adriana Lino dos Santos Franco
Beneficiário:Beatriz Silva Ibrahim
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/51711-9 - Exposição in utero à poluição ambiental e ocupacional e sua repercussão para o desencadeamento de inflamação alérgica pulmonar na prole: correlação com mecanismos epigenéticos, AP.JP
Assunto(s):Pneumonia   Gravidez   Sistema imune   Mediadores da inflamação   Compostos químicos   Formaldeído   Suscetibilidade

Resumo

O Formaldeído (FA) é um composto químico utilizado mundialmente em diversas áreas desde a saúde até à produção de materiais. O FA é um irritante das vias aéreas, dos olhos e potente indutor e/ou exacerbador de doenças inflamatória pulmonares como a asma. Ainda, há de se considerar seu potencial efeito carcinogênico. A literatura tem mostrado a correlação da exposição a poluentes ambientais durante a gravidez como fator de risco para desencadeamento de doenças pulmonares na fase jovem ou adulta, no entanto ainda desconhecem-se os mecanismos envolvidos. Além disso, estudos mostram que alguns poluentes exercem importante efeito imunossupressor aumentando a susceptibilidade de infecções por promover redução da função de neutrófilos, macrófagos e natural killer. Os mecanismos subjacentes à inflamação pulmonar aguda decorrente de uma infecção sistêmica podem ser investigados experimentalmente pela administração de LPS por via sistêmica a animais de laboratório. Esse modelo desenvolve lesão inflamatória pulmonar caracterizada principalmente por infiltração neutrofílica que é potencializada por diversas citocinas como IL-1², IL-8, TNF-± e também causa hiperreatividade brônquica. Baseado no exposto é razoável admitir que a exposição intrauterina a poluentes como o FA possa exercer efeitos sobre a resposta imune da prole alterando funções em células do sistema imune inato prejudicando a defesa do organismo mediante infecções. Deste modo, estudos que visem avaliar estas possíveis alterações são relevantes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
IBRAHIM, BEATRIZ SILVA; BARIONI, ERIC DIEGO; HELUANY, CINTIA; BRAGA, TARCIO TEODORO; DREWES, CARINE CRISTIANE; COSTA, SILVIA GOES; SARAIVA CAMARA, NIELS OLSEN; POLISELLI FARSKY, SANDRA HELENA; LINO-DOS-SANTOS-FRANCO, ADRIANA. Beneficial effects of vitamin C treatment on pregnant rats exposed to formaldehyde: Reversal of immunosuppression in the offspring. Toxicology and Applied Pharmacology, v. 300, p. 77-81, JUN 1 2016. Citações Web of Science: 5.
IBRAHIM, BEATRIZ SILVA; DA SILVA, CRISTIANE MIRANDA; BARIONI, ERIC DIEGO; CORREA-COSTA, MATHEUS; DREWES, CARINE CRISTIANE; SARAIVA CAMARA, NIELS OLSEN; TAVARES-DE-LIMA, WOTHAN; POLISELLI FARSKY, SANDRA HELENA; LINO-DOS-SANTOS-FRANCO, ADRIANA. Formaldehyde inhalation during pregnancy abolishes the development of acute innate inflammation in offspring. Toxicology Letters, v. 235, n. 2, p. 147-154, JUN 1 2015. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.