Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da força de mordida, mobilidade mandibular e EMG comparativa entre fratura de ângulo mandibular e complexo zigomático-orbitário após o tratamento cirúrgico na função do sistema mastigatório

Processo: 13/20664-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Alexandre Elias Trivellato
Beneficiário:Marco Aurélio Fidéles Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Eletromiografia   Força de mordida   Zigoma   Mandíbula

Resumo

Esta pesquisa visa analisar a diferença da atividade eletromiográfica dos músculos mastigatórios, força de mordidade e mobilidade mandibular de indivíduos que sofreram fratura de ângulo mandibular e fratura do complexo zigomático-orbitário em 1, 2 , 3 e 4 semanas após o tratamento cirúrgico reabilitador. Será realizada a captação dos registros eletromiográficos obtidos a partir dos músculos masseteres e temporais em repouso e condições excursivas mandibulares: abertura e fechamento da boca, lateralidade direita e esquerda, protrusão, apertamento dental com parafilme e contração voluntária máxima em máxima intercuspidação habitual. A força de mordida será registrada por meio de gnatodinamômetro na região dos molares do lado da fratura e contra-lateral e entre os incisivos centrais. A mobilidade mandibular será avaliada com paquímetro digital, com abertura bucal, lateralidade direita e esquerda, e protrusão mandibular, todos em amplitude máxima. Serão formados três grupos: GI - controle (n=10) com indivíduos saudáveis; GII - indivíduos com fratura de ângulo mandibular (n=10) e GIII - indivíduos com fratura do complexo zigomático-orbitário (n=10). Para todas as comparações será utilizado o SPSS versão 19.0 (SPSS Inc.; Chicago, IL, USA) e as diferenças serão consideradas significantes quando p d 0,05. Será realizada a análise pelo teste de Medidas Repetidas realizado ao longo do tempo e pelo teste t de Student. Os resultados desta pesquisa poderão contribuir para um tratamento cirúrgico mais adequado a uma diminuição do período da recuperação funcional. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)