Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de diferentes configurações de núcleo & pino na resistência a fadiga e fratura de dentes tratados endodonticamente

Processo: 14/01152-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 14 de junho de 2014
Vigência (Término): 13 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Paulo Henrique dos Santos
Beneficiário:Thaís Yumi Umeda Suzuki
Supervisor: Bart Van Meerbeek
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Leuven, Leuven (KU Leuven), Bélgica  
Vinculado à bolsa:12/12771-9 - Análise da interface adesiva entre pinos de fibra de vidro e dentina intrarradicular submetida à irrigação com diferentes agentes condicionantes, BP.DR
Assunto(s):Prótese dentária
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Composite | endo-crown | fatigue | Fiber post | fiber-reinforced | Fracture | Prótese Dentária

Resumo

O objetivo deste trabalho será avaliar a influencia de diferentes configurações de pinos e núcleos na resistência à fadiga e fratura de dentes tratados endodonticamente. Quarenta pré-molares superiores unirradiculares extraídos serão seccionados na JCE e em seguida tratados endodonticamente. Após o armazenamento em água a 37°C por 24h, os espécimes serão restaurados de acordo com quatro configurações de construção (n=10 por grupo): (a) Pino de fibra de vidro (GC Fibre Post, GC) e núcleo de resina composta (Gradia Core, GC), (b) Pino de fibra personalizado (EverStick Post, GC) e núcleo de resina composta (Gradia Core, GC), (c) 'pino e núcleo em um' usando uma resina reforçada por fibra (EverX Posterior, GC), e (d) Endo-crown em cerâmica (Empress CAD, Ivoclar Vivadent) sem pino e núcleo. Todos os dentes preparados/restaurados serão padronizados em relação às dimensões do pino e núcleo. Os dentes serão finalmente restaurados com coroas totalmente cerâmicas CEREC (Empress CAD, Ivoclar Vivadent) que serão adesivamente cimentados usando cimento resinoso G-Cem LinkAce (GC). Após 1 semana de armazenagem em água, os dentes serão submetidos a resistência à fadiga sob 1.200.000 ciclos utilizando um simulador de mastigação (Willytech) seguidos pelo teste de resistência a fratura utilizando um dispositivo de carregamento a 45° (Micro-Tester, Instron). Falhas serão classificadas em 'reparáveis' e 'não-reparáveis'. Os dados serão submetidos a testes estatísticos apropriados (±=0.05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)