Busca avançada
Ano de início
Entree

Função da IL-6 no clearance de insulina em camundongos obesos submetidos ao exercício físico agudo

Processo: 13/21283-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Boschiero
Beneficiário:Mirian Ayumi Kurauti
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/09012-6 - Mecanismos moleculares envolvidos na disfunção e morte de células beta pancreáticas no Diabetes Mellitus: estratégias para a inibição desses processos e para a recuperação da massa insular em diferentes modelos celulares e animais, AP.TEM

Resumo

A obesidade representa um problema de saúde pública. Indivíduos obesos são mais propensos ao desenvolvimento de doenças crônicas como hipertensão, aterosclerose e Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2). A dieta hiperlipídica é um importante modelo para indução da obesidade e seus distúrbios metabólicos e o exercício físico é recomendado para o tratamento e prevenção dessas patologias. O exercício físico agudo eleva as concentrações plasmáticas de IL-6 e indivíduos obesos também apresentam aumento na concentração desta citocina, entretanto de uma maneira crônica. Sabendo que a insulinêmia está aumentada nos animais obesos e que o exercício físico é capaz de reverter este processo, nossa hipótese é que essa resposta seja mediada por modulações do clearance hepático de insulina e que a molécula responsável pelo cross-talk músculo-figado durante o esforço seja a IL-6 secretada pelo tecido muscular. Para testar tal hipótese separaremos os animais em 5 grupos: controle (C), obeso (O), obeso tratado com IL-6 (O+IL6), obeso exercitado (OE) e obeso exercitado tratado com inibidor da IL-6 (OE-IL6). Dez dias antes do protocolo de exercício será avaliado o consumo máximo de oxigênio (VO2 max), além de teste de tolerância à glicose (GTT), teste de tolerância à insulina (ITT) e clearance de insulina. Após a realização do exercício físico agudo avaliaremos o controle glicêmico com os testes supracitados, bem como parâmetros bioquímicos plasmáticos, expressão gênica (Real-Time RT-PCR) e proteica (Western-Blot).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KURAUTI, MIRIAN A.; COSTA-JUNIOR, JOSE M.; FERREIRA, SANDRA M.; DOS SANTOS, GUSTAVO J.; PROTZEK, ANDRE O. P.; NARDELLI, TARLLIZA R.; DE REZENDE, LUIZ F.; BOSCHERO, ANTONIO C. Acute exercise restores insulin clearance in diet-induced obese mice. Journal of Endocrinology, v. 229, n. 3, p. 221-232, JUN 2016. Citações Web of Science: 11.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
KURAUTI, Mirian Ayumi. O exercício físico agudo reduz a insulinemia através da redução da secreção e aumento do clearance de insulina em camundongos obesos. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.