Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um simulador para avaliação de dispositivos pediátricos de assistência ventricular

Processo: 14/00695-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Idágene Aparecida Cestari
Beneficiário:Daniel Seidenberger Torres
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/50283-6 - Suporte circulatório em pacientes pediátricos: dispositivo de assistência ventricular e oxigenação extracorpórea, AP.TEM
Assunto(s):Sistema cardiovascular   Insuficiência cardíaca   Transplante de coração   Cirurgia pediátrica   Dispositivo de assistência circulatória   Órgãos artificiais

Resumo

As doenças do sistema circulatório estão entre as principais causas de morte na população, e muitas vezes o único tratamento é o transplante cardíaco. Os Dispositivos para Assistência Ventricular (DAVs) fornecem suporte circulatório e estabilização hemodinâmica em pacientes a espera por um transplante cardíaco. Nos Estados Unidos e países da Europa o uso de DAVs está bem consolidado em pacientes adultos. No Brasil, devido aos altos custos dos dispositivos importados, o uso clínico de DAVs é muito limitado, especialmente em pacientes pediátricos. Um dispositivo pulsátil paracorpóreo para ser usado como ponte para transplante em pacientes pediátricos está em desenvolvimento. Durante o desenvolvimento de dispositivos de assistência mecânica como os DAVs, é necessário realizar a avaliação do desempenho in vitro em simuladores que reproduzem as condições de operação do dispositivo em situações de insuficiência cardíaca. Neste projeto, um circuito simulador do sistema circulatório pediátrico será projetado e construído considerando-se os principais parâmetros que caracterizam a circulação sistêmica e pulmonar. Estes parâmetros incluem resistências e complacências vasculares (modelo Windkessel) para a obtenção de fluxos e pressões existentes em ambas as circulações, em condições normais e de insuficiência cardíaca. O desempenho do DAV pediátrico InCor será avaliado e serão determinados os índices de energia hemodinâmica gerados por este dispositivo em comparação com a energia gerada por um DAV de fluxo contínuo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.