Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do estresse agudo de restrição de movimentos, da aplicação transdérmica de corticosterona e do implante subcutâneo de testosterona na imunocompetência e nos níveis plasmáticos de corticosterona e testosterona no SAPO cururu (Rhinella marina)

Processo: 14/05806-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 07 de junho de 2014
Vigência (Término): 06 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Fernando Ribeiro Gomes
Beneficiário:Vania Regina de Assis
Supervisor no Exterior: Mary T. Mendonça
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Auburn University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/10560-8 - Níveis plasmáticos de corticosterona, testosterona e imunocompetência em bufonídeos, BP.DR
Assunto(s):Imunocompetência   Testosterona   Anura   Corticosterona

Resumo

Diversas linhas de evidência têm enfatizado a importância da capacidade da resposta imune como parte da evolução de vários aspectos da história de vida dos animais, e níveis plasmáticos cronicamente elevados de glicocorticoides e andrógenos vem sendo identificados como agentes imunossupressores. Vamos estudar as inter-relações entre os níveis plasmáticos de corticosterona (daqui em diante referido como CORT), os níveis plasmáticos de testosterona (daqui em diante referido como T) e os diferentes aspectos da imunocompetência inata em sapos-cururus machos (Rhinella marina), expostos a condições de estresse agudo. Verificando se a elevação experimental de CORT e T, e a restrição de movimentos possui efeito imunossupressor , bem como interfere em CORT e T. Vamos testar as seguintes hipóteses : 1) a administração transdérmica de corticosterona deve causar aumento em CORT e redução em T e em imunocompetência, 2) Retirar os animais do seu ambiente natural ambiente natural, com restrição de movimentos (manutenção em saco de pano umedecido) por 24h, pode ser considerado um fator de estresse, promovendo elevação da CORT e reduziu em T e imunocompetência, e 3) O implante subcutâneo de testosterona deve promover um aumento da T e uma redução em CORT e na imunocompetência. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GARDNER, STEVEN; ASSIS, VANIA REGINA; ZHA, HONGGANG; GOMES, FERNANDO RIBEIRO; PEATMAN, ERIC; MENDONCA, MARY T. Differential gene expression to an LPS challenge in relation to exogenous corticosterone in the invasive cane toad (Rhinella marina). DEVELOPMENTAL AND COMPARATIVE IMMUNOLOGY, v. 88, p. 114-123, NOV 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.