Busca avançada
Ano de início
Entree

A influência da corrosão-fadiga sobre estruturas fundidas em titânio comercialmente puro submetidas a dois procedimentos de soldagem: laser e TIG

Processo: 13/21533-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Marcelo Ferraz Mesquita
Beneficiário:Sabrina Alessandra Rodrigues
Supervisor no Exterior: Fatih Toptan
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade do Minho (UMinho), Portugal  
Vinculado à bolsa:12/14139-8 - A influência da soldagem (Laser ou TIG) em estruturas de titânio sobre o desajuste marginal (BI e tridimensional), força de destorque em parafusos protéticos, fadiga mecânica, corrosão e tensão induzida aos pilares protéticos de próteses implantossuportadas, BP.DR
Assunto(s):Próteses e implantes   Corrosão   Fadiga   Titânio

Resumo

O objetivo neste estudo será avaliar o comportamento de diferentes estruturas fundidas em titânio comercialmente puro (Ti cp), soldadas a LASER (light amplification by stimulated emission of radiation) e a TIG (tungstênio inerte gás), frente a ensaios simultâneos de corrosão-fadiga. A fadiga da zona soldada inclui fadiga mecânica, que simula as forças devido á mastigação, e fadiga térmica, que simula as variações térmicas devido á ingestão de bebidas ou alimentos frios (gelados, sucos gelados, etc) e quentes (café, chá, etc). As tensões geradas quer pelas forças envolvidas quer pelas oscilações térmicas serão consideradas, em simutâneo. Serão confeccionadas 10 infraestruturas fundidas em titânio comercialmente puro (Ti cp) simulando uma prótese fixa de três elementos, e 10 modelos index em resina fotoelástica (um para cada infraestrutura). As 10 infraestruturas serão aparafusadas em seus respectivos modelos index e, posteriomente, separadas em dois grupos (n=5): G1 - infraestruturas soldadas a LASER; e G2 - infraestruturas soldadas a TIG. Adicionalmente, serão confeccionados 30 halteres fundidos em Ti cp, separados em três grupos (n=10): G3 - soldados a LASER, e G4 - soldados a TIG, e G5 - sem soldagem. Os 5 grupos serão imersos separadamente em saliva artificial e submetidos a testes de fadiga termo-mecânica com corrosão, para investigação do comportamento corrosivo associado ao processo de fadiga, sendo que alguns halteres serão testados só à corrosão. Os grupos serão analisados em relação à resistência à corrosão por meio da análise do comportamento eletroquímico, assim como será analisada a propagação intrínseca de trincas por meio da aplicação da técnica fractográfica em microscópio eletrônico de varredura (MEV). Os resultados dos 5 grupos serão submetidos à Análise Exploratória e aplicado o teste estatístico mais indicado para comparações e correlações entre os resultados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)