Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da adição de agente compatibilizante nas propriedades térmicas e elétricas de nanocompósitos de blendas de HDPE/LLDPE e nanotubos de carbono

Processo: 13/23882-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Fabio Roberto Passador
Beneficiário:Caroline Martins dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Nanotubos de carbono   Blendas

Resumo

O desenvolvimento de materiais carbonosos para o setor aeroespacial brasileiro ainda é um grande desafio. A obtenção de nanocompósitos de polietileno/nanotubos de carbono com propriedades térmicas e elétricas superiores e boa processabilidade com a possibilidade de obtenção de produtos com geometrias complexas torna-se uma alternativa viável para aplicações aeroespaciais. No entanto, devido a natureza apolar e a baixa interação entre os componentes, faz-se necessário a modificação superficial dos nanotubos de carbono e a adição de agente compatibilizante. No caso de nanocompósitos de blendas de poliolefinas e nanotubos de carbono, poucos estudos na literatura mostram a influência da adição de agentes compatibilizantes e os efeitos do intemperismo nas propriedades térmicas e elétrica desses materiais. O presente Projeto de Pesquisa tem como objetivo o estudo do efeito da adição de agente compatibilizante e do teor de nanotubos de carbono nas propriedades térmicas e elétrica de nanocompósitos poliméricos com matriz da blenda de polietileno de alta densidade (HDPE)/polietileno linear de baixa densidade (LLDPE). A metodologia do Projeto prevê o estudo da influência de diferentes sequências de mistura dos componentes e do teor de nanotubos de carbono no aumento das propriedades térmicas e elétrica dos nanocompósitos, requerimento fundamental para aplicações no setor aeroespacial.