Busca avançada
Ano de início
Entree

Mineralização do ciprofloxacino em urina sintética pelo processo de fotoeletro-Fenton solar utilizando reator de fluxo com Pt/difusão gasosa e/ou DDB/difusão gasosa, com um coletor parabólico acoplado

Processo: 14/04218-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Mauro Coelho dos Santos
Beneficiário:Vanessa da Silva Antonin
Supervisor no Exterior: Enrique Brillas Coso
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universitat de Barcelona (UB), Espanha  
Vinculado à bolsa:11/21656-6 - Materiais nanoestruturados binários baseados em metais na eletrogeração de peróxido de hidrogênio para degradação do ciprofloxacino, BP.DR
Assunto(s):Poluentes químicos   Antibióticos   Ciprofloxacino   Degradação de resíduos químicos   Fotoeletroquímica

Resumo

O objetivo deste projeto é promover a mineralização do antibiótico ciprofloxacino em um reator de fluxo, pelos processos de oxidação anódica, eletro-Fenton, fotoeletro-Fenton e fotoeletro-Fenton solar. Eletrodos de difusão gasosa baseados em W@Au/C, um material promissor para a eletrogeração de H2O2, serão preparados pelo método de redução química e utilizados como cátodo. O ânodo será uma folha de Pt de 99,99% de pureza da SEMPSA. Uma variante de oxidação anódica será promovida com H2O2 eletrogerado (AO-H2O2). O cátodo empregado será de W@Au/Carbono-politetrafluoretileno(PTFE)difusão de O2 - com fornecimentos contínuos de peróxido de hidrogênio para a solução contaminada contida na unidade de fluxo, pela reação de redução de O2, pelo mecanismo de 2 elétrons. Como eletrólito será empregada uma urina sintética, devido à sua fácil preparação e menores riscos de contaminação do sistema, laboratório e do analista. O objetivo será o de avaliar o desempenho do sistema simulando a degradação em fluídos biológicos. Posteriormente, a eficiência de degradação será avaliada pelas concentrações iniciais e finais dos poluentes orgânicos por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência e Carbono Orgânico Total. Os íons inorgânicos perdidos durante o processo de mineralização serão quantificados por Cromatografia de Íons e uma sequência plausível da reação para a degradação do ciprofloxacino será proposta de acordo com os produtos formados, propondo um mecanismo geral para a mineralização do ciprofloxacino. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANTONIN, VANESSA S.; SANTOS, MAURO C.; GARCIA-SEGURA, SERGI; BRILLAS, ENRIC. Electrochemical incineration of the antibiotic ciprofloxacin in sulfate medium and synthetic urine matrix. WATER RESEARCH, v. 83, p. 31-41, OCT 15 2015. Citações Web of Science: 77.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.