Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção molecular de Leishmania spp. por PCR de sangue e suabe conjuntival em cães e gatos do município de Pirassununga, são Paulo, Brasil

Processo: 14/02882-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Trícia Maria Ferreira de Sousa Oliveira
Beneficiário:João Augusto Franco Leonel
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Parasitologia   Epidemiologia   Leishmaniose visceral   Reação em cadeia por polimerase (PCR)   Gatos   Cães   Pirassununga (SP)

Resumo

A Leishmaniose é uma doença parasitária, zoonoótica, causada por protozoários difásicos do gênero Leishmania spp. que infectam diversos mamíferos, inclusive o homem. É considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma das prioridades dentre as doenças tropicais. O papel do cão na epidemiologia da doença é estudado há muito tempo, sendo considerado um importante reservatório da Leishmaniose Visceral (LV), em áreas urbanas. Já o gato doméstico é atualmente considerado um hospedeiro reservatório por possuir a capacidade de infecção, entretanto seu papel na epidemiologia da doença ainda é inconclusivo. Como os sinais clínicos para LV são bastante inespecíficos nessas espécies, o diagnóstico laboratorial se faz extremamente necessário. Contudo apresenta limitações, seja quanto à técnica ou espécie animal. A Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) é uma técnica bastante utilizada atualmente nos laboratórios e quando bem realizada, identifica com precisão animais assintomáticos e com inexpressiva reação imunológica. O uso da PCR de suabe conjuntival mostrou-se uma técnica eficaz no diagnóstico da Leishmaniose Visceral Canina (LVC), com alta especificidade e boa sensibilidade, além de facilitar a coleta de amostras, seja em cães ou gatos. O intuito deste estudo é avaliar por PCR, 50 cães e 50 gatos do município de Pirassununga-SP, a fim de detectar animais positivos para Leishmania spp., usando amostras de sangue e suabe conjuntival. As duas técnicas serão avaliadas, através de estatística não paramétrica, quanto a sua concordância.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FRANCO LEONEL, JOAO AUGUSTO; VIOTI, GEOVANNA; ALVES, MARIA LUANA; BENASSI, JULIA CRISTINA; DA SILVA, DIOGO TIAGO; PEREIRA SPADA, JULIO CESAR; DE AZEVEDO RUIZ, VERA LETTICIE; STARKE-BUZETTI, WILMA APARECIDA; SOARES, RODRIGO MARTINS; FERREIRA DE SOUSA OLIVEIRA, TRICIA MARIA. Leishmaniasis in cat shelters: A serological, molecular and entomological study. TRANSBOUNDARY AND EMERGING DISEASES, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.