Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das adaptações biomecânicas, sensoriais, cardiorespiratórias e da qualidade de vida associadas à intervenção fisioterapêutica na síndrome fibromiálgica

Processo: 14/05535-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Tania de Fatima Salvini
Beneficiário:Celso Antonio Takahashi Morais da Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/22122-5 - Estudo das adaptações biomecânicas, sensoriais, cardiorespiratórias e da qualidade de vida associadas à intervenção fisioterapêutica na síndrome fibromiálgica, AP.TEM
Assunto(s):Hidroterapia   Fibromialgia   Fisioterapia   Cinemática   Frequência cardíaca

Resumo

A síndrome fibromiálgica (SF) é uma das condições que mais afeta o desempenho funcional, especialmente de mulheres, por alterações em todo o sistema músculo-esquelético. Considerando que o objeto de estudo da Fisioterapia é o movimento humano e suas disfunções, e que a SF, pelo seu caráter crônico e complexo, afeta as atividades do indivíduo acometido causando distúrbios do movimento, o fisioterapeuta faz parte da equipe multidisciplinar envolvida no tratamento SF. No entanto, conforme colocado na presente proposta, diversos aspectos ainda precisam ser esclarecidos em relação ao papel da fisioterapia nesta síndrome. Particularmente, há carência de estudos que analisem as adaptações musculoesqueléticas, sensoriais e cardiorrespiratórias em indivíduos submetidos à intervenção fisioterapêutica, os quais contribuiriam com evidências científicas para a prática clínica. Segundo revisões sistemáticas recentes, uma das terapias mais utilizadas com efeitos benéficos identificados para sujeitos com SF é a hidroterapia, que combina exercícios com os efeitos relaxantes da água. Outros tratamentos alternativos também têm sido buscados, na tentativa de diminuir o quadro doloroso apresentado, visto que sua etiologia e fisiopatologia não são bem conhecidas. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar a eficácia de diferentes recursos fisioterapêuticos na SF. Esta proposta será desenvolvida em dois subprojetos. O primeiro irá verificar se a hidroterapia é capaz de modificar variáveis de movimento, como a cinemática escapular e a eletromiografia, além da dor, a modulação autonômica e a qualidade de vida em mulheres com SF. O segundo subprojeto irá verificar a eficácia da técnica de massagem denominada Shiatsu na melhora da dor, qualidade de sono, equilíbrio e qualidade de vida de indivíduos com SF.