Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel terapêutico da angiotensina 1-7 na prevenção dos efeitos cardiovasculares induzidos pelo hormônio tireoidiano em Ratos Wistar

Processo: 13/16348-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria Luiza de Morais Barreto de Chaves
Beneficiário:Nathalia Senger
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiomegalia   Hormônios tireóideos   Fisiologia cardiovascular

Resumo

Elevados níveis de hormônios tiroidianos (HT) são responsáveis por promoverem alterações no sistema cardiovascular, as quais culminam com o desenvolvimento de arritmias cardíacas e a instalação de um processo hipertrófico (CAPPOLA et al., 2006). Diversos trabalhos do nosso grupo demonstraram que um dos mecanismos para os HT levarem à hipertrofia e a outras manifestações cardiovasculares ocorre via Sistema Renina-Angiotensina (SRA), principalmente devido à ação do peptídeo Angiotensina II (Ang II), uma vez que quando a ação da Ang II é inibida, as alterações cardiovasculares promovidas pelos HT deixam de ocorrer ou são minimizadas. Por outro lado, a Angiotensina (1-7) (Ang 1-7), um peptídeo também sintetizado a partir do SRA, apresenta ações antiarrítmicas e anti-hipertróficas, correspondendo, portanto, a um importante braço contra regulatório dentro do SRA. Sendo assim, a hipótese do presente estudo é que a administração de Ang1-7 e seus efeitos cardioprotetores talvez consigam atenuar ou prevenir os efeitos cardiovasculares "maléficos" induzidos por altas doses de hormônios tireoidianos, os quais são frequentemente observados em pacientes hipertiroideos. Para isso, ratos Wistar adultos serão submetidos a injeções diárias de T3 (20x a dose fisiológica) por 21 e 28 dias. Paralelamente, os animais receberão ou não infusão contínua de Ang 1-7 (24µg/Kg/hr) durante os mesmos períodos experimentais. Parâmetros morfológicos e funcionais do sistema cardíaco, assim como avaliação na expressão de proteínas relacionadas ao remodelamento cardíaco e aos componentes do SRA serão avaliados nos corações dos animais dos diferentes grupos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SENGER, NATHALIA; MELO, MARCOS BARROUIN; DINIZ, GABRIELA PLACONA; CAMPAGNOLE-SANTOS, MARIA JOSE; SOUZA SANTOS, ROBSON AUGUSTO; BARRETO-CHAVES, MARIA LUIZA M. Angiotensin-(1-7) reduces cardiac effects of thyroid hormone by GSK3 beta/NFATc3 signaling pathway. Clinical Science, v. 132, n. 11, p. 1117-1133, JUN 14 2018. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SENGER, Nathalia. Avaliação dos efeitos cardíacos da angiotensina 1-7 em modelo animal de hipertireoidismo.. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.