Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial cariogênico in vitro de espécies de bifidobactérias

Processo: 14/02072-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Cristiane Duque
Beneficiário:Vanessa Rodrigues dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Streptococcus mutans   Placa bacteriana   Microbiologia

Resumo

Streptococcus mutans não é a única espécie associada à lesão de cárie. Outras espécies bacterianas também potencialmente acidogênicas e acidúricas, como as bifidobactérias, têm sido detectadas em diversos sítios bucais, incluindo lesões cariosas iniciais ou cavitadas. Muitas dessas bifidobactérias, denominadas de probióticos, são utilizadas na indústria alimentícia e consequentemente estão sendo muito consumidas pelas crianças. Os objetivos deste estudo serão comparar a capacidade de produzir e tolerar ácidos, de formar biofilme e de induzir lesões iniciais de cárie in vitro de espécies de bifidobactérias comparadas às espécies bacterianas já reconhecidas no contexto da cárie dentária. Serão incluídas neste estudo as seguintes espécies bacterianas: Bifidobacterium lactis, Bifidobacterium longum, Bifidobacterium animalis, Bifidobacterium dentium, Streptococcus mutans, Streptococcus sobrinus, Lactobacillus acidophilus, Lactobacillus casei e Actinomyces israelli. Para avaliação do potencial cariogênico dessas espécies bacterianas serão realizados os testes de acidogenicidade, verificando o pH final das culturas após exposição a alta concentração de glicose, testes de aciduricidade, medida pelo crescimento bacteriano após exposição à pHs ácidos e formação de biofilme in vitro com a quantificação da biomassa do biofilme em leitor de ELISA. Finalmente, ensaios de indução de lesão de cárie inicial em dentes bovinos serão realizados para verificar a espessura da esmalte desmineralizado utilizando microscopia de luz polarizada. Os ensaios de biofilme e de indução de lesão de cárie serão realizados com todas as espécies isoladas ou combinadas com Streptococcus mutans. Os dados obtidos serão analisados estatisticamente, considerando pd 0.05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ARGANDONA VALDEZ, REMBERTO MARCELO; DUQUE, CRISTIANE; CAIAFFA, KARINA SAMPAIO; DOS SANTOS, VANESSA RODRIGUES; DE AGUIAR LOESCH, MARIA LUIZA; COLOMBO, NATALIA HELENA; ARTHUR, RODRIGO ALEX; NEGRINI, THAIS DE CASSIA; GOMES BORIOLLO, MARCELO FABIANO; BOTAZZO DELBEM, ALBERTO CARLOS. Genotypic diversity and phenotypic traits of Streptococcus mutans isolates and their relation to severity of early childhood caries. BMC ORAL HEALTH, v. 17, JUL 14 2017. Citações Web of Science: 6.
ARGANDONA VALDEZ, REMBERTO MARCELO; DOS SANTOS, VANESSA RODRIGUES; CAIAFFA, KARINA SAMPAIO; DANELON, MARCELLE; ARTHUR, RODRIGO ALEX; NEGRINI, THAIS DE CASSIA; BOTAZZO DELBEM, ALBERTO CARLOS; DUQUE, CRISTIANE. Comparative in vitro investigation of the cariogenic potential of bifidobacteria. ARCHIVES OF ORAL BIOLOGY, v. 71, p. 97-103, NOV 2016. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.