Busca avançada
Ano de início
Entree

Periódicos servis e a fragmentação do império hispânico (1811-1815)

Processo: 13/21334-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 01 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Márcia Regina Berbel
Beneficiário:Bruno Santos Sobrinho
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/12812-5 - A crise do império hispânico e os servis (1811-1815), BE.EP.MS
Assunto(s):Liberalismo   História da Espanha   Imprensa
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cortes de Cádis | Imprensa | Independência da América | Liberalismo | História da Espanha

Resumo

Essa pesquisa tem por objetivo analisar as ideias apresentadas em dois periódicos servis publicados ao longo dos anos de 1811 a 1815, buscando compreender como a fragmentação do império hispânico foi apresentada por esses jornais.O período analisado abrange a fase constitucional do que ficou conhecido como "Primeiro liberalismo hispânico" (1808-1814), momento crucial para a história da Espanha. Durante os anos iniciais do século XIX espanhol, ao mesmo tempo em que se configurava uma nova Espanha, com características modernas - através, entre outros motivos, do debate constitucional existente nas Cortes de Cádis (1810-1814) -, o império hispânico era desfeito pelas guerras de independência americana. Nesse sentido, a proposta da pesquisa é analisar como essa fragmentação foi apresentada nas páginas dos periódicos chamados, pelos coevos, de servis.A categoria "servil" surgiu, nos debates públicos realizados na imprensa, para qualificar os opositores dos liberais espanhóis. Servis e liberais defenderam, na maior parte das vezes, posições distintas tanto nas Cortes quanto na imprensa. O grupo antiliberal estava ligado ao tradicionalismo espanhol e era contrário às transformações sugeridas pelos liberais. Diante disso, serão analisados dois periódicos classificados como servis: "El Censor General" e "El Procurador General de la Nación y del Rey", buscando sistematizar as nuances existentes entre os servis a partir da problemática americana. Vale salientar que são raros os estudos que buscam analisar os servis durante o primeiro liberalismo espanhol.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOBRINHO, Bruno Santos. Periódicos servis e a crise do Império Hispânico (1811-1815). 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: gei-bv@fapesp.br.