Busca avançada
Ano de início
Entree

Cálculo da produção de neutrinos atmosféricos

Processo: 14/00347-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Orlando Luis Goulart Peres
Beneficiário:Gabriela Vitti Stenico
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Raios cósmicos   Neutrinos

Resumo

A física da produção de neutrinos atmósfericos envolve o cálculo das reações básicas de criação de neutrinos por interações fracas e os processos de absorção e espalhamento das partículas mães carregadas, como píons e múons. Trabalharemos com o caso de um fluxo inicial de píons dado por uma lei de potência e veremos como produzimos os neutrinos a partir deste fluxo. Posteriormente, incluiremos um fluxo inicial de prótons e obteremos o fluxo de píons e neutrinos produzidos, assumindo que píons e múons não perdem energia no processo. Após entendido este resultado, iremos generalizar incluindo a absorção e perda de energia dos píons e de múons durante o percurso. Este sistema, bem mais complexo de se resolver, é o chamado sistema de equações de cascata ou equações de transporte. Iremos estender o resultado incluindo reações e decaimentos exóticos, que não existem no Modelo Padrão, para vermos se podermos testar tais decaimentos em futuros experimentos de neutrinos atmosféricos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
STENICO, Gabriela Vitti. Cálculo da produção de neutrinos atmosféricos. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Física Gleb Wataghin.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.