Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo acelerado dè estabilidade dè hiclato dè doxiciclina Èm comprimidos

Processo: 13/25174-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise e Controle de Medicamentos
Pesquisador responsável:Hérida Regina Nunes Salgado
Beneficiário:Janaína Oliveira de Barros
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Cromatografia líquida de alta eficiência

Resumo

O hiclato de doxiciclina, antimicrobiano da classe das tetraciclinas semi-sintéticas de amplo espectro derivado da oxitetraciclina, é utilizada em sua maioria para medicina humana como antiinfecciosos de uso geral e de uso especial (para peste e tracoma) e também como antiparasitários no caso da malária. Na área da medicina veterinária é utilizado como suplemento alimentar. O fármaco consta na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) sendo assim disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) e é dispensada gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). No Programa Farmácia Popular ela está disponível a baixo custo. No Brasil o hiclato de doxiciclina é comercializado pelas indústrias Apotex, EMS, Germerd, Hexal, Legrand, Neo Químca, Neovita, Pfizer, Ranbaxy, Sanval, Teuto e União Química e é apresentada nas formas farmacêuticas drágeas, cápsulas, comprimidos e xarope. O presente trabalho tem como objetivo desenvolver o estudo acelerado de estabilidade de hiclato de doxiciclina na matéria prima e em comprimidos através dos métodos turbidimétrico, espectrofotometria na região do ultravioleta e a cromatografia líquida de alta eficiênciaPalavras-chave: cromatografia líquida de alta eficiência, espectrofotometria na região ultravioleta, estudo de estabilidade de curta duração, hiclato de doxiciclina, turbidimetria, comprimidos.