Busca avançada
Ano de início
Entree

Análises de expressão gênica do modelo social Solenopsis invicta

Processo: 14/04943-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2014
Vigência (Término): 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Maria Cristina Arias
Beneficiário:Natália de Souza Araujo
Supervisor no Exterior: Yannick Wurm
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Queen Mary University of London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:12/18531-0 - Expressão de genes envolvidos no comportamento social em abelhas que apresentam diferentes níveis de eussocialidade, BP.DR
Assunto(s):Genômica

Resumo

A evolução do comportamento cooperativo e altruísta representam temas importantes na biologia evolutiva. A formiga de fogo Solenopsis invicta é um modelo notável para tais estudos porque nesta espécie duas formas distintas de organização social coexistem. De acordo com a frequência alélica do gene Gp-9 , é possível prever o número de rainhas em cada colônia. Em colônias onde as formigas operárias são homozigotas dominantes (Gp-9 BB) uma única rainha é aceita (monoginia) pelas operárias, enquanto que colônias contendo também indivíduos heterozigotoss (Gp-9 Bb) podem aceitar várias rainhas (poliginia) com um alelo Gp-9 b. O estudo deste modelo biológico através da técnica de RNA-Seq irá fornecer informações relevantes sobre como cada genótipo responde ao seu ambiente. Portanto, na presente proposta, esta abordagem será utilizada para comparar o perfil de expressão gênica de diferentes espécies de formigas e genótipos com sistemas sociais distintos (monoginia e poliginia). Assim, será possível compreender melhor os efeitos dos haplótipos Gp-9 e detectar se genes não descritos previamente estão envolvidos na determinação dos diferentes comportamentos. (AU)