Busca avançada
Ano de início
Entree

Investimento psicológico disfuncional na aparência: seriam os relacionamentos amorosos fatores de proteção? - um estudo transcultural

Processo: 14/05710-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 21 de julho de 2014
Vigência (Término): 20 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Sebastião de Sousa Almeida
Beneficiário:Maria Fernanda Laus
Supervisor no Exterior: Lori A. Klos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Wisconsin-Milwaukee (UW-Milwaukee), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/04357-0 - Investimento psicológico disfuncional na aparência: seriam os relacionamentos amorosos fatores de proteção?, BP.PD
Assunto(s):Psicobiologia

Resumo

Diversos fatores biológicos e ambientais já foram associados à imagem corporal, entretanto, apesar da importância dos relacionamentos amorosos na vida dos adultos, quase nada se sabe sobre como a situação afetiva dos indivíduos relaciona-se à sua imagem. Um aspecto da imagem corporal que atua largamente nas percepções e reações dos indivíduos frente a relações interpessoais é o investimento na aparência. Este componente é influenciado pelo comportamento de outras pessoas e a necessidade de aprovação social, que pode aumentar o investimento de um indivíduo em um padrão de aparência socialmente valorizado. Embora seja considerado um traço de personalidade, em situações ou períodos específicos, o investimento disfuncional na aparência pode ter sua importância amplificada como estado. Considerando que o homem é um ser social e que fatores culturais e biológicos o impulsionam a engajar-se em relacionamentos afetivos, levantou-se a hipótese de que a pressão sofrida por homens e mulheres solteiros para encontrar um parceiro aumentaria o investimento na aparência, ao passo que estar em um relacionamento protegeria os indivíduos de experienciar tal disfuncionalidade. Examinar diferentes aspectos da imagem corporal entre diversas culturas é importante para entender o funcionamento deste constructo, e exatamente como, em que sentido, e por que ele é ou não diferente em populações distintas, são questões de pesquisa importantes ainda a serem respondidas. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar o investimento psicológico em certas crenças e suposições sobre a importância, o significado e a influência da aparência física na vida de indivíduos envolvidos ou não em um relacionamento amoroso estável. Também procuraremos estabelecer se há diferenças culturais na medida em que o investimento disfuncional na aparência e outros distúrbios de imagem corporal são experienciados e se tais diferenças seriam resultado de processos sociais. Este é um estudo transcultural que envolve Brasil e Estados Unidos, cuja fase de investigação nacional já está em andamento. O projeto de pesquisa atual está relacionado exclusivamente ao estágio que será realizado nos Estados Unidos, cujos dados serão utilizados para as comparações entre as duas populações. Assim, uma amostra de 1000 adultos dos Estados Unidos irá completar vários instrumentos que medem a imagem corporal e a satisfação com o relacionamento para atender os objetivos da pesquisa. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LAUS, MARIA FERNANDA; ALMEIDA, SEBASTIAO S.; KLOS, LORI A. Body image and the role of romantic relationships. COGENT PSYCHOLOGY, v. 5, n. 1 JUL 16 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.