Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão heteróloga da enzima quitinase de Leishmania (L.) infantum chagasi, Leishmania (V.) braziliensis e Leishmania amazonensis: diagnóstico sorológico e estudo molecular comparativo utilizando sistemas de expressão em células de insetos e bactéria

Processo: 13/26096-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marcia Aparecida Speranca
Beneficiário:Aline Diniz Cabral
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Leishmaniose   Biotecnologia   Quitinase

Resumo

A leishmaniose, uma doença infecciosa negligenciada em expansão no Brasil, causada por parasitas do gênero Leishmania, classe Kinetoplasta e família Trypanosomatidae, é transmitida por insetos (flebotomíneos - Lutzomyia) e acomete humanos, cães domésticos e animais silvestres. A apresentação clínica desta doença depende da espécie do parasita e da resposta imunológica do hospedeiro sendo variável, com um espectro que vai desde indivíduos e animais assintomáticos, lesões cutâneas e mucocutâneas (LTA) com sequelas desfigurantes e incapacitantes; e a forma visceral (LV) que é a mais grave já que se não for tratada corretamente, pode levar ao óbito. As principais espécies endêmicas do Brasil envolvidas na LTA são a L. (Viannia) braziliensis e L. (V.) amazonensis, e na LV é a Leishmania (L.) infantum chagasi. A ineficácia dos atuais métodos de controle e tratamento das leishmanioses está relacionada à dificuldade em diagnosticar e identificar as espécies de Leishmania em circulação, fundamental para o correto tratamento e também manejo dos reservatórios animais, sobretudo em áreas endêmicas para várias espécies do parasita, além de outros tripanossomatídeos, o que resulta em reações cruzadas em testes de diagnósticos. Assim, este projeto de pesquisa tem por objetivo principal a avaliação da quitinase de Leishmania produzida em sistema heterólogo de expressão de proteínas, como antígeno para detecção de anticorpos específicos para L. i. chagasi em amostras de soro de humanos e cães infectados por esta espécie de parasita. A especificidade de sequência de nucleotídeos e aminoácidos da quitinase nas diferentes espécies de Leishmania, a expressão da proteína nos estágios de desenvolvimento do parasita dos hospedeiros vertebrado e invertebrado, e a exportação para o meio extracelular, apoiam a hipótese de que a quitinase de Leishmania constitui-se em excelente ferramenta para pesquisa de anticorpos específicos produzidos para cada espécie do parasita. Inicialmente, esta especificidade será investigada por testes sorológicos em amostras de indivíduos e cães infectados com L. i. chagasi com as quitinases recombinantes derivadas de L. i. chagasi, L. braziliensis e L. amazonensis, produzidas nos sistemas heterólogos procariótico e eucariótico. A expressão desta enzima em sistema eucariótico é inédita e será realizada devido às propriedades bioquímicas baseadas em sua sequência primária de aminoácidos que sugere modificações pós-traducionais específicas de células eucarióticas. Portanto, este estudo também prevê a análise comparativa das propriedades bioquímicas e moleculares das quitinases recombinantes produzidas nos dois sistemas heterólogos, com o intuito de compreender o papel das mesmas nas interações biológicas do parasita com seus hospedeiros. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VERDE OLIVEIRA ROCHA, ANA VITORIA; SODRE MORENO, BRENDA FERNANDA; CABRAL, ALINE DINIZ; LOUZEIRO, NAYARA MENDES; MIRANDA, LEANDRO MACEDO; BRANDAO DOS SANTOS, VIVIAN MAGALHAES; COSTA, FRANCISCO BORGES; SEABRA NOGUEIRA, RITA DE MARIA; MARCILI, ARLEI; SPERANCA, MARCIA APARECIDA; DA COSTA, ANDREA PEREIRA. Diagnosis and epidemiology of Leishmania infantum in domestic cats in an endemic area of the Amazon region, Brazil. Veterinary Parasitology, v. 273, p. 80-85, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
MURILLO, JULIANA LONDONO; CABRAL, ALINE DINIZ; UEHARA, MABEL; DA SILVA, VIVIAM MOURA; DOS SANTOS, JULIETE VITORINO; CARVALHO MUNIZ, JOAO RENATO; ESTROZI, LEANDRO FARIAS; FENEL, DAPHNA; GARCIA, WANIUS; SPERANCA, MARCIA APARECIDA. Nucleoprotein from the unique human infecting Orthobunyavirus of Simbu serogroup (Oropouche virus) forms higher order oligomers in complex with nucleic acids in vitro. Amino Acids, v. 50, n. 6, p. 711-721, JUN 2018. Citações Web of Science: 0.
SANTOS, DAUBIAN; RIBEIRO, GUILHERME CUNHA; CABRAL, ALINE DINIZ; SPERANCA, MARCIA APARECIDA. A non-destructive enzymatic method to extract DNA from arthropod specimens: Implications for morphological and molecular studies. PLoS One, v. 13, n. 2 FEB 1 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.