Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel dos microRNAs na proliferação e diferenciação celular da linhagem pluripotente de carcinoma embrionário humano NTera-2

Processo: 13/27061-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Rodrigo Alexandre Panepucci
Beneficiário:Ildercílio Mota de Souza Lima
Instituição-sede: Hemocentro de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08135-2 - CTC - Centro de Terapia Celular, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):15/15864-6 - Avaliação funcional de microRNAs na proliferação e diferenciação celular da linhagem de carcinoma embrionário NTera-2 por high content screening, BE.EP.DR
Assunto(s):Diferenciação celular   Pluripotência   Células-tronco pluripotentes   MicroRNAs

Resumo

A pluripotência é a capacidade que algumas células possuem de dar origem às células dos três folhetos embrionários (ectoderma, mesoderma e endoderma), bem como às células germinativas. As células-tronco embrionárias (CTE) são as células pluripotentes mais conhecidas, as quais apresentam uma elevada capacidade de diferenciação celular e auto-renovação. Estas propriedades tornam as CTE potenciais ferramentas para a medicina regenerativa, porém seu uso na prática não é viável, pois, além das questões éticas, é necessário que estas células sejam imunologicamente compatíveis com o receptor. Com o objetivo de contornar este problema, foram criadas as células-tronco de pluripotência induzidas (iPSc). Estas células, por sua vez, são obtidas a partir da reprogramação nuclear por meio inserção de alguns fatores relacionados à pluripotência, inicialmente sendo estes fatores aqueles conhecidos como os quatro fatores de Yamanaka (Oct4, Sox2, c-Myc e Klf4). Recentemente foram descobertos alguns RNAs reguladores, os microRNAs (miRNAs), que possuem um papel muito importante na manutenção da pluripotência, bem como no processo de diferenciação celular. Estes miRNAs são pequenas moléculas de RNA que atuam como reguladores pós-transcricionais da expressão gênica, se ligando ao mRNA alvo e inibindo assim a tradução. Além da manutenção da pluripotência e do processo de diferenciação celular, estes miRNAs parecem também regular diferentes outros processos celulares, tais como a proliferação e a morte celular, dentre outros. É sabido que o emprego de moléculas sintéticas de miRNAs é capaz de gerar iPSc ou melhorar a eficiência de geração dessas assim como de induzir a diferenciação celular em células-tronco. As células de carcinoma embrionário (CCE) possuem características semelhantes às CTE, como pluripotência, capacidade de diferenciação in vitro e potencial para a geração de teratomas in vivo. Análises comparativas entre os perfis de expressão de mRNA e miRNA de CTE e CCE demonstraram uma grande similaridade entre ambas, por isso, culturas de CCE são amplamente empregadas para estudos relacionados à biologia de células-tronco pluripotentes. O presente estudo tem como objetivo avaliar o efeito de diferentes miRNAs em uma linhagem de CCE humana, a NTera-2, por meio do uso de moléculas sintéticas precursoras de miRNAs (pre-miRs) ou inibidores de miRNAs (anti-miRs), estudando o efeito destas moléculas sobre a proliferação celular, apoptose e diferenciação celular, utilizando-se de diferentes metodologias, tais como qPCR, microarrays de DNA e High Content Analysis/Microscopy (HCS).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Novos mecanismos que regulam a pluripotência em células-tronco embrionárias são desvendados 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE SOUZA LIMA, ILDERCILIO MOTA; DOS SANTOS SCHIAVINATO, JOSIANE LILIAN; PAULINO LEITE, SARAH BLIMA; SASTRE, DANUTA; DE OLIVEIRA BEZERRA, HUDSON LENORMANDO; SANGIORGI, BRUNO; CORVELONI, AMANDA CRISTINA; THOME, CAROLINA HASSIBE; FACA, VITOR MARCEL; COVAS, DIMAS TADEU; ZAGO, MARCO ANTONIO; GIACCA, MAURO; MANO, MIGUEL; PANEPUCCI, RODRIGO ALEXANDRE. High-content screen in human pluripotent cells identifies miRNA-regulated pathways controlling pluripotency and differentiation. STEM CELL RESEARCH & THERAPY, v. 10, JUL 8 2019. Citações Web of Science: 0.
PANEPUCCI, RODRIGO ALEXANDRE; DE SOUZA LIMA, ILDERCILIO MOTA. Arrayed functional genetic screenings in pluripotency reprogramming and differentiation. STEM CELL RESEARCH & THERAPY, v. 10, JAN 11 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.