Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de biomarcadores de prognóstico e resposta terapêutica em tumores estromais gastrointestinais (GISTs)

Processo: 13/25787-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Rui Manuel Vieira Reis
Beneficiário:Nathália Cristina Campanella
Instituição-sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/09990-6 - Estudo de biomarcadores de prognóstico e resposta terapêutica em tumores estromais gastrointestinais (GISTs), BE.EP.DD
Assunto(s):Biomarcadores   Instabilidade de microssatélites   Tumores do estroma gastrointestinal   Quinases raf

Resumo

Os tumores do estroma gastrointestinal (GISTs) são os tumores mesenquimais mais comuns do trato gastrointestinal. A maioria apresenta mutações que ativam os oncogenes KIT ou PDGFRA, codificadores de receptores de tirosina quinase, induzindo a uma ativação constitutiva de proliferação e sobrevivência celular. O prognóstico dos pacientes com GIST é baseado em que incluem tamanho tumoral, índice mitótico e localização, podendo ser classificados como baixo, intermédio e alto risco. Apesar desta classificação, a evolução tumoral é frequentemente imprecisa. Dessa maneira, o estudo de novos biomarcadores pode ser crucial para a melhor determinação do prognóstico dos pacientes com GIST. A instabilidade de microssatélite (MSI) ocorre em regiões de repetição do DNA gnômico devido à falha no sistema de reparo do DNA e tem sido encontrada em vários tipos tumorais, como o câncer colorretal, onde a presença de MSI é um importante fator de prognóstico. Outra molécula com impacto prognóstico comprovado em múltiplos tumores é a Raf Kinase Inhibitor Protein (RKIP). O gene que codifica a RKIP é considerado um gene supressor de metástases sendo que a perda de expressão está associada à presença de metástase, resistência terapêutica e prior prognóstico em várias neoplasias. Em 2013, foi descoberta a presença de mutações oncogênicas no gene Telomerase Reverse Transcriptase (TERT) em um conjunto vasto de tumores. Estas mutações são frequentemente associadas com o pior prognóstico de pacientes com diversos tumores. Em GIST, a avaliação destas três moléculas é praticamente inexistente. Neste sentido, o objetivo do presente estudo é elucidar o papel biológico e terapêutico destes três potenciais biomarcadores, MSI, RKIP e TERT em GISTs. Para isso, avaliaremos em uma série de 110 amostras de GISTs as alterações moleculares e imunohistoquímicas dos três potenciais biomarcadores. A presença da MSI será avaliada por meio da PCR pentaplex com os marcadores BAT-25, BAT-26, NR21, NR24 e NR-27 seguida da análise de fragmento no sistema ABI Prism 3500 genetic analyzer e no software GeneMaper 4.1. Ainda, avaliaremos mutações em genes alvos pela mesma metodologia descrita a cima e a expressão das proteínas de reparo de DNA (mismatch repair- MMR) pela técnica de imunohistoquímica. Para a RKIP será avaliado a expressão desta proteína pela mesma técnica citada anteriormente. Para o gene TERT será avaliada a presença de mutações na região promotora nas coordenadas Ch5: 1.295.228 (aqui chamada de C228T) e Ch5: 1.295.250 (C250T) por meio de sequenciamento direto. Ainda, avaliaremos a expressão da proteína TERT por meio de reação imunohistoquímica. Em seguida, avaliaremos o papel biológico e terapêutico dos potenciais biomarcadores RKIP e TERT por meio de experimentos in vitro e in vivo. Será realizado o silenciamento do gene RKIP em uma linhagem de GIST imortalizada (GIST882) para avaliação da viabilidade, apoptose, proliferação, invasão e migração celular por meio de ensaios funcionais. Ao mesmo tempo, a resposta ao fármaco imatinibe será avaliada na linhagem celular silenciada e não silenciada para RKIP. Para o gene TERT, serão construídas duas linhagens celulares estabelecidas (derivadas da linhagem GIST882) que expressem o gene TERT controlado pelos promotores mínimos recombinantes (contendo a mutação em C228T, C250T ou selvagem). Em seguida, todos os ensaios funcionais acima citados assim como a resposta ao fármaco imatinibe será avaliado nas linhagens selvagem e mutada para TERT. Por último, utilizando os clones modificados para RKIP e TERT, acima citados, serão realizados testes in vivo através do modelo de CAM (Chorioallantoic Membrane) para avaliação do tamanho tumoral e angiogênese. As análises estatísticas serão realizadas no software SPSS versão 19.0 Com este trabalho pretendemos contribuir para a identificação de novos biomarcadores que poderão contribuir para o melhor estabelecimento do prognóstico dos pacientes com GIST. (AU)

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMPANELLA, NATHALIA C.; SCAPULATEMPO-NETO, CRISTOVAM; ABRAHAO-MACHADO, LUCAS FARIA; TORRES DE OLIVEIRA, ANTONIO TALVANE; BERARDINELLI, GUSTAVO N.; GUIMARAES, DENISE PEIXOTO; REIS, RUI M. Lack of microsatellite instability in gastrointestinal stromal tumors. Oncology Letters, v. 14, n. 5, p. 5221-5228, NOV 2017. Citações Web of Science: 2.
BATISTA, RUI; CRUVINEL-CARLONI, ADRIANA; VINAGRE, JOAO; PEIXOTO, JOANA; CATARINO, TELMO A.; CAMPANELLA, NATHALIA CRISTINA; MENEZES, WEDER; BECKER, ALINE PAIXAO; DE ALMEIDA, GISELE CARAVINA; MATSUSHITA, MARCUS M.; CLARA, CARLOS; NEDER, LUCIANO; VIANA-PEREIRA, MARTA; HONAVAR, MRINALINI; CASTRO, L. IGIA; LOPES, JOSE MANUEL; CARVALHO, BRUNO; VAZ, RUI MANUEL; MAXIMO, VALDEMAR; SOARES, PAULA; SOBRINHO-SIMOES, MANUEL; REIS, RUI MANUEL; LIMA, JORGE. The prognostic impact of TERT promoter mutations in glioblastomas is modified by the rs2853669 single nucleotide polymorphism. International Journal of Cancer, v. 139, n. 2, p. 414-423, JUL 15 2016. Citações Web of Science: 19.
BIDINOTTO, LUCAS TADEU; TORRIERI, RAUL; MACKAY, ALAN; ALMEIDA, GISELE CARAVINA; VIANA-PEREIRA, MARTA; CRUVINEL-CARLONI, ADRIANA; SPINA, MARIA LUISA; CAMPANELLA, NATHALIA CRISTINA; DE MENEZES, WEDER PEREIRA; CLARA, CARLOS AFONSO; BECKER, ALINE PAIXAO; JONES, CHRIS; REIS, RUI MANUEL. Copy Number Profiling of Brazilian Astrocytomas. G3-GENES, GENOMES, GENETICS, v. 6, n. 7, p. 1867-1878, JUL 1 2016. Citações Web of Science: 2.
PINTO, FILIPE; CAMPANELLA, NATHALIA C.; ABRAHAO-MACHADO, LUCAS F.; SCAPULATEMPO-NETO, CRISTOVAM; DE OLIVEIRA, ANTONIO T.; BRITO, MARIA J.; ANDRADE, RAQUEL P.; GUIMARAES, DENISE P.; REIS, RUI M. The embryonic Brachyury transcription factor is a novel biomarker of GIST aggressiveness and poor survival. GASTRIC CANCER, v. 19, n. 2, p. 651-659, APR 2016. Citações Web of Science: 8.
CAMPANELLA, NATHALIA C.; PENNA, VALTER; ABRAHAO-MACHADO, LUCAS FARIA; CRUVINEL-CARLONI, ADRIANA; RIBEIRO, GUILHERME; SOARES, PAULA; SCAPULATEMPO-NETO, CRISTOVAM; REIS, RUI M. TERT promoter mutations in soft tissue sarcomas. International Journal of Biological Markers, v. 31, n. 1, p. E62-E67, JAN-MAR 2016. Citações Web of Science: 5.
CAMPANELLA, NATHALIA C.; PENNA, VALTER; ABRAHAO-MACHADO, LUCAS FARIA; CRUVINEL-CARLONI, ADRIANA; RIBEIRO, GUILHERME; SOARES, PAULA; SCAPULATEMPO-NETO, CRISTOVAM; REIS, RUI M. TERT Promoter Mutations in Soft Tissue Sarcomas. International Journal of Biological Markers, v. 31, n. 1, p. 62-67, 2016. Citações Web of Science: 0.
CAMPANELLA, NATHALIA C.; CELESTINO, RICARDO; PESTANA, ANA; SCAPULATEMPO-NETO, CRISTOVAM; DE OLIVEIRA, ANTONIO TALVANE; BRITO, MARIA JOSE; GOUVEIA, ANTONIO; LOPES, JOSE MANUEL; GUIMARAES, DENISE PEIXOTO; SOARES, PAULA; REIS, RUI M. Low frequency of TERT promoter mutations in gastrointestinal stromal tumors (GISTs). European Journal of Human Genetics, v. 23, n. 6, p. 877-879, JUN 2015. Citações Web of Science: 15.
CAMPANELLA, NATHALIA C.; PENNA, VALTER; RIBEIRO, GUILHERME; ABRAHAO-MACHADO, LUCAS FARIA; SCAPULATEMPO-NETO, CRISTOVAM; REIS, RUI MANUEL. Absence of Microsatellite Instability In Soft Tissue Sarcomas. PATHOBIOLOGY, v. 82, n. 1, p. 36-42, 2015. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.