Busca avançada
Ano de início
Entree

Fabricação e caracterização de filmes automontados de polianilina e nanotubos de carbono com aplicações em sensores de fenóis

Processo: 14/00750-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Marystela Ferreira
Beneficiário:Jaqueline da Silva Matos
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Polianilina   Sensores   Filmes automontados   Nanotubos de carbono

Resumo

Através da técnica de automontagem camada por camada (do inglês, Layer-by-Layer, LbL) serão fabricados filmes nanoestruturados, compostos por bicamadas formadas de Polianilina (PAni), policátion, e Nanotubo de Carbono de Parede Múltipla Funcionalizado com Ácido Carboxílico (MWNT- COOH), poliânion. Os filmes serão depositados sobre substratos sólidos (quartzo e ito), através de adsorção física via atração eletrostática.O material nanocompósito já foi caracterizado por técnicas espectroscópicas tais como UV-Vis, FTIR e Raman; eletroquímica (voltametria cíclica, voltametria de onda quadrada) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). Esse trabalho foi tema da dissertação de mestrado de Juliana Souza em 2011 na UFScar. Nesse projeto daremos continuidade a esse estudo visando à aplicação desses filmes em sensores de fenóis e seus derivados determinando os parâmetros analíticos que não foram feitos na dissertação. As melhores condições de fabricação dos filmes (arquitetura, número de bicamadas, concentração de analito, temperatura, entre outros) serão investigadas visando a obtenção do melhor sensor.