Busca avançada
Ano de início
Entree

Emissões de mercúrio provenientes do solo e serrapilheira durante a queima de floresta

Processo: 14/00555-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Anne Helene Fostier
Beneficiário:Larissa Richter
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Química ambiental   Solos   Mercúrio   Mercúrio (elemento químico)   Serrapilheira   Queimada   Florestas   Amazônia

Resumo

O mercúrio (Hg) é um metal com alto potencial tóxico e, em função da sua alta volatilidade, é facilmente liberado para a atmosfera. As fontes desse material podem ser naturais, antropogênicas ou ainda provenientes de re-emissões. Com o aumento da atividade antropogênica tem-se verificado aumentos na quantidade de mercúrio emitido ou re-emitido para a atmosfera. Sabendo-se que uma das fontes expressivas de Hg à atmosfera são as queimadas de biomassa (~ 8%), o projeto a seguir versa sobre o estudo das emissões de Hg pelos solos e vegetação (serrapilheira) decorrentes de queimadas de floresta. A proposta consiste na realização de experimentos de queima no bioma Amazônico e em laboratório. Como a hipótese inicial é que a emissão do Hg se dá em queimadas com condições mais severas, serão analisadas variáveis que também apresentem relações com a severidade dos fogos, como a razão entre as quantidades dos elementos cálcio e carbono presentes no solo. Nas amostras de solo e serrapilheira coletadas antes e depois da queima serão determinadas as concentrações de Hg total com um analisador direto de mercúrio (DMA-80 TRI-CELL, Millestone). Amostras de solo coletadas nas áreas experimentais serão submetidas a aquecimento em uma mufla, variando-se a temperatura e o tempo de aquecimento, a fim de determinar a influência destes parâmetros sobre o fator de emissão de Hg. Com esse conjunto de dados (fator de emissão de mercúrio em função da temperatura e relação cálcio/carbono do solo queimado) pretende-se desenvolver uma modelagem matemática para estimar as perdas de Hg de um solo devidas as queimadas de biomassa. Este trabalho faz parte do projeto individual FAPESP Impacto do desflorestamento sobre as emissões de Hg em floresta tropical da Região Amazônica, projeto FAPESP, 2010/19040-4, sob a coordenação da Profa. Dra. Anne Hélène Fostier. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FOSTIER, ANNE HELENE; MELENDEZ-PEREZ, JOSE JAVIER; RICHTER, LARISSA. Litter mercury deposition in the Amazonian rainforest. Environmental Pollution, v. 206, p. 605-610, NOV 2015. Citações Web of Science: 14.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RICHTER, Larissa. Emissões de mercúrio provenientes do solo e da serapilheira durante a queima de floresta. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.