Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da atividade antimicrobiana dè biovidro incorporado com prata Pará aplicações médicas e odontológicas

Processo: 13/26045-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Clovis Wesley Oliveira de Souza
Beneficiário:Noeli Soares Melo da Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07793-6 - CEPIV - Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação em Vidros, AP.CEPID
Assunto(s):Biovidro   Biotecnologia

Resumo

Biofilme microbiano é definido como uma associação de células bacterianas e/ou fungos, fixada à superfícies ou interfaces, bióticas ou abióticas, inclusas em uma complexa matriz extracelular de substâncias poliméricas, juntamente com os nutrientes capturados para a formação da matriz. Os biofilmes são constituídos por microrganismos que estão associados, e que se comunicam, tendo um comportamento comunitário, complexo e resistente. Embora alguns biofilmes sejam benéficos a processos biotecnológicos, quando estes se formam sobre ou dentro de aparatos médicos e odontológicos constituem uma séria ameaça à saúde pública, devido a sua enorme resistência. Atualmente há muitos estudos relacionados a implantes dentários e ósseos, que buscam descobrir ou formular novos materiais que reduzam ou impeçam a adesão bacteriana e a posterior formação de biofilme sobre os mesmos, com o objetivo de prevenir a ocorrência de infecções e impedir a transmissão de doenças. Nestes estudos, o objetivo é encontrar materiais bioativos que facilitem a adesão do implante ao tecido, impedindo que na interface ocorra infecção por microrganismos. Este trabalho busca mais do que entender o comportamento de um biofilme, analisar a ação do BSF18 que é um biovidro (tipo de material bioativo) sobre a formação de biofilmes bacterianos e analisar as amostras em Microscopia de Varredura. O material BSF18 será analisado por meio de uma série de comparações com sua forma ligada a prata (BSF18-Ag) que é um metal pesado e inibe o crescimento de microrganismos, com o vidro comum e com o 45S5, que já é conhecido e apresenta alta capacidade de interação com o tecido ósseo, avaliando a atuação desses materiais sobre o crescimento do biofilme.