Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da concentração do ácido fluorídrico e do tratamento térmico na resistência de união à cerâmica odontológica

Processo: 13/26573-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 01 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Luís Roberto Marcondes Martins
Beneficiário:Daniel Sundfeld Neto
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/23320-3 - Influência da concentração do ácido fluorídrico e do tratamento térmico na resistência de união da cerâmica vítrea de disilicato de lítio ao cimento resinoso dual modificado por tio-uretano, BE.EP.DR
Assunto(s):Tratamento térmico   Resistência de união (odontologia)   Dentística   Ácido fluorídrico

Resumo

O objetivo deste estudo será investigar, por meio de análises de microscopia e resistência de união, o efeito da concentração do ácido fluorídrico e do tratamento térmico previamente ao condicionamento ácido em uma cerâmica odontológica. Blocos da cerâmica vítrea IPS e.max Press (IvoclarVivadent, Schaan, Liechtenstein) serão confeccionados e divididas aleatoriamente em 2 grupos para a concentração do ácido fluorídrico: 5% IPS Etching Gel (Ivoclar Vivadent , Schaan, Liechtenstein) e 9,5% Porcelain Etch (Ultradent Products Inc., South Jordan, UT, USA). Em seguida, as amostras serão aleatoriamente subdivididas em 4 subgrupos: sem tratamento térmico; tratamento térmico da cerâmica; tratamento térmico do ácido fluorídrico; tratamento térmico da cerâmica + tratamento térmico do ácido fluorídrico. Após o condicionamento ácido, a cerâmica será cimentada com um cimento resinoso de presa dual (Variolink II, Ivoclar Vivadent AG, Schaan, Liechtenstein) à blocos de resina composta micro-híbrida (Z250, 3M ESPE, St. Paul, MN, USA) e aleatoriamente distribuídas em subgrupos de acordo com o teste de resistência de microtração e envelhecimento: 24 horas após a cimentação; ciclagem térmica; ciclagem térmico/mecânica; 12 meses de armazenagem. Serão analisados os padrões de fratura e classificados em: falha adesiva (Modo 1); falha coesiva na cerâmica (Modo 2); falha coesiva no cimento resinoso (Modo 3); falha mista (Modo 4). Amostras representativas de cada grupo e subgrupos serão aleatoriamente separadas para análise superficial e da interface de união em microscopia eletrônica de varredura. Os resultados do teste de resistência de união à microtração serão tabulados e submetidos à análise de variância (ANOVA) com parcela subdividida e teste de Tukey com nível de significância de 5%

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SUNDFELD, DANIEL; MUNIZ PALIALOL, ALAN RODRIGO; FUGOLIN, ANA PAULA PIOVESAN; BOVI AMBROSANO, GLAUCIA MARIA; CORRER-SOBRINHO, LOURENCO; MARCONDES MARTINS, LUIS ROBERTO; PFEIFER, CARMEM SILVIA. The effect of hydrofluoric acid and resin cement formulation on the bond strength to lithium disilicate ceramic. Brazilian Oral Research, v. 32, 2018. Citações Web of Science: 3.
SUNDFELD, DANIEL; CORRER-SOBRINHO, LOURENCO; PAVESI PINI, NUBIA INOCENCYA; COSTA, ANA ROSA; SUNDFELD, RENATO HERMAN; PFEIFER, CARMEM SILVIA; MARCONDES MARTINS, LUIS ROBERTO. Heat treatment-improved bond strength of resin cement to lithium disilicate dental glass-ceramic. CERAMICS INTERNATIONAL, v. 42, n. 8, p. 10071-10078, JUN 2016. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.