Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de mudanças no comprimento do dia sobre o metabolismo e atividade enzimática mitocondrial do Catbirds (Dumetella carolinensis)"

Processo: 14/08919-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 05 de agosto de 2014
Vigência (Término): 04 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Denis Otavio Vieira de Andrade
Beneficiário:Jussara Nascimento Chaves
Supervisor no Exterior: Paul J. Schaeffer
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa : Miami University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/12296-1 - Metabolismo energético e fisiologia térmica do Tucano-toco (Ramphastos toco), BP.MS
Assunto(s):Fotoperíodo   Metabolismo energético   Migração animal

Resumo

A migração é um movimento sazonal regular que permite que as aves escapem do frio extremo e explorem diferentes fontes de alimento. O vôo de longa distância é energeticamente custoso, por isso, as aves devem se preparar para tal reservando grandes quantidades de energia. O momento da migração é controlado primeiramente pelas mudanças no comprimento do dia. Durante a primavera e o outono as aves aumentam a ingestão de alimento para deposição de grandes reservas de gordura, que podem representar cerca 50% da massa corpórea. Grandes estoques de energia requerem uma grande musculatura para transporte. Alguns estudos mostram a hipertrofia dos músculos de vôo antes da migração, acompanhada por uma modificação na capacidade aeróbica dos tecidos e aumento da capacidade oxidativa de ácidos graxos. O alto nível de atividade muscular também querer alto nível de atividade de órgãos como o coração e o trato digestivo. Essas adaptações afetam a taxa metabólica basal das aves, que pode ser até 40% mais elevada antes da migração quando comparada com os valores médios ao longo do ano. Nossa espécie de interesse, o Grey catbird (Dumetella carolinensis) é um passeriforme conhecido por responder às demandas migratórias com aumento de reservas de gordura e hipertrofia dos músculos de vôo. Portanto, dada a flexibilidade fenotípica que ocorre nessas aves, o presente estudo irá avaliar os efeitos de alterações no comprimento do dia sobre o metabolismo (máximo e basal), composição corpórea e capacidade oxidativa de tecidos (o coração e os músculos de vôo) dos Catbirds antes da migração de outono. Serão utilizados 20 indivíduos divididos igualmente em duas diferentes condições: o grupo controle, sobre fotoperíodo de 14:10 L:E (luz:escuro) e o grupo experimental sobre o fotoperíodo de 10:14 L:E. Durante cinco semanas nós pesaremos as aves, mediremos a composição corpórea e o metabolismo máximo e basal a cada semana. No final, os catbirds serão eutanaziados e nós pesaremos a massa do coração e dos músculos de vôo e também mediremos a atividade enzimática mitocondrial (citrato sintase e citocromo oxidase) desses tecidos. (AU)