Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise dialógica de vinhetas de Maurício de Sousa: o caso do autismo

Processo: 14/02949-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Marina Célia Mendonça
Beneficiário:Monique de Almeida Neves Rodrigues
Instituição Sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Transtorno autístico   Análise do discurso   Análise linguística
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Análise do Discurso | autismo | Círculo de Bakhtin | Maurício de Sousa | Vinheta | Análise do Discurso

Resumo

Nesta pesquisa, o objetivo é analisar dialogicamente, a partir de estudos bakhtinianos do discurso, seis vinhetas de Maurício de Sousa que tematizam o autismo. No Brasil, as discussões acerca da doença têm se intensificado a partir da década de 1980, quando foram fundadas a Associação de Amigos do Autista e a Associação Brasileira de Autismo. Mas é a partir de 2008, quando o Brasil ratificou a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiências, outorgada pela ONU, que se desenvolveu uma abordagem inclusiva em várias esferas sociais. É nesse contexto que se inserem as vinhetas em questão: elas integram conjunto de ações sociais que revelam tentativa de reforçar essa abordagem. Maurício de Sousa, cartunista reconhecido no país, criou personagens para tratar do tema da diversidade, dentre eles temos André, um menino com autismo que aparece nessas vinhetas. O objetivo principal da pesquisa é investigar a materialização de valores ideológicos que envolvem a problemática da inclusão e do autismo nas vinhetas. A pesquisa também tem interesse em responder a outras questões, entre elas: Qual o destinatário previsto pelas vinhetas? Como os autistas, por meio do personagem André, são representados? Como as vinhetas respondem aos discursos sociais que polemizam sobre a inclusão social no país? A perspectiva teórica adotada compreende trabalhos em torno do Círculo de Bakhtin, em especial os desenvolvidos no Brasil que tomam por objeto o enunciado concreto em relação com os gêneros do discurso, as ideologias, a alteridade, a ética e a estética na produção de sentido. A pesquisa é qualitativa e interpretativa. Como procedimentos metodológicos, consideram-se as propostas da análise dialógica do discurso feitas por pesquisadores brasileiros.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)