Busca avançada
Ano de início
Entree

Os salões da Belle Époque nas crônicas sociais de Marcel Proust e João do Rio

Processo: 13/25492-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2014
Vigência (Término): 01 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Estrangeiras Modernas
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Alexandre Bebiano de Almeida
Beneficiário:Vivian Yoshie Martins Morizono
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/08942-0 - Brépols franco-brasileiro e outros manuscritos, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):14/24858-7 - Os salões da Belle Époque nas crônicas sociais de Marcel Proust e João do Rio, BE.EP.MS
Assunto(s):Literatura comparada   Belle Époque   Crônica literária   Escritores   Paris   Rio de Janeiro

Resumo

A crônica mundana recebe grande destaque nos jornais e revistas da Belle Époque, tanto na França, quanto no Brasil, descrevendo salões, modas, acontecimentos. O carnet mondain, como é denominado em francês, possui um formato característico, no qual coexistem um universo de elegância fabuloso e um espaço social profundamente hierarquizado, regido por princípios de distinção facilmente reconhecíveis pelos frequentadores assíduos dos salões e pelos curiosos leitores dos jornais. Esse projeto tem como propósito estabelecer uma análise comparativa das crônicas sociais produzidas por Marcel Proust e por João do Rio. Cabe notar que, embora esses escritores tenham contribuído muito para este gênero, essa faceta de suas respectivas produções literárias ainda é pouco estudada. A análise a ser desenvolvida privilegiará a descrição que esses dois escritores fizeram dos salões da Belle Époque parisiense e carioca, com o intuito de demonstrar a importância dessas crônicas sociais para as obras literárias dos dois escritores, lembrando que os hábitos das mulheres da sociedade, os salões e as modas ocupam um papel importante tanto no romance proustiano quanto nos contos de João do Rio. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORIZONO, Vivian Yoshie Martins. Os salões da Belle Époque nas crônicas sociais de Marcel Proust e João do Rio. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.