Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de depleção residual de fármacos veterinários em peixes e estimativa dos períodos de carência

Processo: 14/06852-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Jonas Augusto Rizzato Paschoal
Beneficiário:Giulia Timoni Barbosa Bagni
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/18334-0 - Resíduos de medicamentos veterinários em alimentos: métodos analíticos multiclasses empregando LC-MS/MS, dados de exposição e estudos de depleção residual, AP.JP
Assunto(s):Aquicultura   Fármacos   Farmacologia veterinária   Segurança alimentar   Espectrometria de massas   Cromatografia

Resumo

O mercado da indústria farmacêutica veterinária em todo o mundo e, inclusive no Brasil, vem apresentando um expressivo crescimento ao longo dos últimos anos, evidenciando a importância do uso dessas substâncias nos diferentes sistemas de produção animal e alertando quanto à necessidade de fiscalização dos produtos destinados ao consumo humano no que diz respeito à questão da segurança alimentar. Devido à carência de medicamentos veterinários devidamente regulamentados no Brasil para serem empregados em sistemas de produção aquícola, suspeita-se que os produtores estejam recorrendo ao uso de medicamentos veterinários disponíveis no mercado, porém, regulamentados para uso em outras espécies animais, como frangos e suínos, por exemplo. Desta forma, o presente projeto de IC visa contribuir para a realização de estudos de depleção residual de fármacos já regulados para uso na piscicultura em outros países, com o objetivo de se estimar o período de carência para as principais espécies de peixes cultivados comercialmente no Brasil. Constantemente, os pesquisadores vêm trabalhando no intuito de aprimorar os métodos analíticos com o objetivo de se obter resultados confiáveis mesmo em concentrações residuais dessas substâncias (µg/ kg). Neste sentido, o presente projeto de IC visa, também, colaborar para o desenvolvimento e validação de métodos analíticos capazes de serem aplicados para a determinação dos fármacos a comporem os estudos de depleção residual em peixes.