Busca avançada
Ano de início
Entree

Remodelação nos componentes ósseos da ATM em indivíduos desdentados posteriores

Processo: 13/15502-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Radiologia Odontológica
Pesquisador responsável:Felippe Bevilacqua Prado
Beneficiário:Renata Freitas Varanda
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Tomografia computadorizada   Articulação temporomandibular   Morfometria   Osso e ossos

Resumo

Introdução: Alterações oclusais causadas pela perda dos dentes posteriores resultam em mudanças na transmissão das forças e na estimulação mecânica para ATM, causando remodelação óssea nos componentes ósseos desta articulação. Objetivo: avaliar morfometricamente os componentes ósseos da ATM de indivíduos desdentados posteriores em tomografias computadorizadas (TC). Materiais e métodos: Serão utilizadas 150 TC do tipo cone-beam de indivíduos adultos, de ambos os gêneros. A distribuição das tomografias da amostra por grupos será determinada pela situação da dentição do indivíduo em relação à presença/ ausência dos dentes posteriores. Será utilizado o software InVesalius 3.0 (Centro de Tecnologia da Informação - CTI- Campinas, SP, Brasil) para a realização da segmentação das imagens de cada TC e, assim, realizar a obtenção da imagem dos componentes ósseos da ATM. Será utilizado o software InVesalius 3.0 para a obtenção do volume (em mm3) por contagem de voxel dos componentes ósseos da ATM, previamente reconstruídos tridimensionalmente. Para avaliar as diferenças entre variáveis e de gênero, o teste Qui-quadrado e o teste t serão utilizados. Para testar a correlação entre as variáveis, a correlação de Spearman (rs) será utilizado uma vez que muitas das variáveis serão ordenadas categoricamente. Os seguintes níveis de P-serão utilizados: P = NS e 0,05, 0,01 * d P <0,05, ** 0,001 d P <0,01, *** P <0,001, com o auxilio do software BioEstat 5.0 (Fundação Mamiramuá, Belém, PA). Resultados esperados: as alterações dos componentes ósseos da ATM, frente às ações biomecânicas provocadas pelo edentulismo posterior, tão comum na população brasileira e mundial, serão melhor compreendidas e auxiliem no diagnóstico e tratamento de pacientes portadores de Disfunções Têmporomandibulares.