Busca avançada
Ano de início
Entree

Indução de colite experimental por TNBS e de tolerância oral a OVA em modelo experimenal murino

Processo: 14/08619-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2014
Vigência (Término): 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Patricia Ucelli Simioni
Beneficiário:Caique Lopes Souza
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/20258-2 - Efeitos da tolerância oral e da administração de células dendríticas sobre a resposta imune na colite experimental, AP.R
Assunto(s):Camundongos   Tolerância oral   Ovalbumina

Resumo

A quebra da tolerância aantígenos próprios na mucosa intestinal, por injúria ou predisposição genética, pode levar a doenças inflamatórias intestinais, tais como a doença de Crohn e a colite ulcerativa (Faria & Weiner 2005). As doenças inflamatórias intestinais (IBD, do inglês intestinal bowel diseases), tem sido foco de grande atenção devido ao aumento da incidência dessas doenças na população (Cosnes et al., 2011; Molodecky et al., 2012). A colite experimental induzida por 2,4,6 -ácido trinitrobenzenosulfônico (TNBS) é capaz de gerar lesões semelhantes à observada na doença inflamatória intestinal que ocorre em humanos, sendo este modelo muito utilizado nos estudos das enterocolites. Em trabalho recente, mostramos que é possível proteger camundongos contra a artrite experimental (CIA) induzida por colágeno+OVA em adjuvante pela tolerização oral com OVA ou pela transferência adotiva de células dendríticas tolerogênicas, tanto de forma preventiva como terapêutica (Thomé et al., 2012). Nesta parte do projeto,analisaremos os efeitos da tolerância oral sobre aresposta imune observadana colite experimental induzida por TNBSem camundongos BALB/c. A tolerância oral será induzida em camundongos pela ingestão de OVA, tanto na fase precoce como concomitante com aindução da colite. A nossa hipótese de trabalho consiste em que o contexto gerado pela resposta imunitária aosantígenos da dieta pode atenuar os danos observados na colite experimental.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAMOS DE MATTOS, BRUNO RAFAEL; GRACINDO GARCIA, MAELLIN PEREIRA; NOGUEIRA, JULIA BIER; PAIATTO, LISIERY NEGRINI; ALBUQUERQUE, CASSIA GALDINO; SOUZA, CAIQUE LOPES; ROMANI FERNANDES, LUIS GUSTAVO; DA SILVA CUNHA TAMASHIRO, WIRLA MARIA; SIMIONI, PATRICIA UCELLI. Inflammatory Bowel Disease: An Overview of Immune Mechanisms and Biological Treatments. Mediators of Inflammation, 2015. Citações Web of Science: 47.
SILVA, PRISCILA DE MATOS; BIER, JULIA; PAIATTO, LISIERY NEGRINI; ALBUQUERQUE, CASSIA GALDINO; SOUZA, CAIQUE LOPES; ROMANI FERNANDES, LUIS GUSTAVO; DA SILVA CUNHA TAMASHIRO, WIRLA MARIA; SIMIONI, PATRICIA UCELLI. Tolerogenic Dendritic Cells on Transplantation: Immunotherapy Based on Second Signal Blockage. CLINICAL & DEVELOPMENTAL IMMUNOLOGY, 2015. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.