Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de biomarcadores de prognóstico e resposta terapêutica em tumores estromais gastrointestinais (GISTs)

Processo: 14/09990-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 12 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Rui Manuel Vieira Reis
Beneficiário:Nathália Cristina Campanella
Supervisor no Exterior: Ana Paula Soares Dias Ferreira
Instituição-sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade do Porto (UP), Portugal  
Vinculado à bolsa:13/25787-3 - Estudo de biomarcadores de prognóstico e resposta terapêutica em tumores estromais gastrointestinais (GISTs), BP.DD
Assunto(s):Biomarcadores   Tumores do estroma gastrointestinal

Resumo

Os tumores do estroma gastrointestinal (GISTs) são os tumores mesenquimais mais comuns do trato gastrointestinal cujo prognóstico dos pacientes é baseado em critérios que incluem tamanho tumoral, índice mitótico e localização. Apesar desta classificação, a evolução tumoral é frequentemente imprecisa. O objetivo do presente estudo é elucidar o papel biológico e terapêutico do potencial biomarcador TERT em GISTs por meio de experimentos in vitro e in vivo. Serão construídas linhagens celulares estabelecidas (derivadas da linhagem GIST882) que expressem o gene TERT contendo a mutação em C228T, C250T ou selvagem para avaliação da viabilidade, apoptose, proliferação, invasão e migração celular. Ao mesmo tempo, a resposta ao fármaco imatinibe será avaliada nas linhagens celulares selvagem e mutadas para TERT. Em seguida, utilizando o clone modificado para TERT a cima citado serão realizados testes in vivo através do modelo de CAM (chorioallantoic membrane) para avaliação do tamanho tumoral e angiogênese. (AU)