Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre polimorfismo no gene PPARG2 e a composição corporal de pacientes obesos após derivação gástrica em Y de Roux

Processo: 13/17480-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Carla Barbosa Nonino
Beneficiário:Ana Paula Rus Perez de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Cirurgia bariátrica   Obesidade   Polimorfismo genético   Composição corporal   Ácidos graxos   Nutrigenômica

Resumo

O número de indivíduos obesos tem apresentado grande aumento nos últimos anos em todo o mundo. Neste contexto, a cirurgia bariátrica é um dos procedimentos mais utilizados para a perda de peso. A derivação gástrica com Y de Roux (DGYR) que consiste em uma readaptação da capacidade gástrica e intestinal do paciente, provocando alterações na ingestão e absorção alimentar, é o procedimento considerado padrão-ouro pelos cirurgiões. No período pós cirúrgicos, um dos grandes desafios é a estabilização do peso a longo prazo, uma vez que muitos tornam a ganhar peso no pós-operatório tardio. Atualmente, muitos estudos são feitos em busca do entendimento da complexidade da obesidade e das interações entre os genes e ambiente para que, com a identificação dos polimorfismos, seja identificada e melhor compreendida a influência genética na alimentação e na resposta metabólica. Diversos possíveis genes associados à obesidade hoje são estudados e são apontados como preditores do ganho ponderal e distribuição da gordura corporal, estando associado a medidas de circunferência abdominal, massa gorda e doenças associadas. O gene PPARG2 participa da regulação da adipogênese, transporte de ácidos graxos, metabolismo da glicose e de lipídios, apresentando grande influência na obesidade e podendo estar associado as variações individuais das alterações na composição corporal após a cirurgia bariátrica. Desta maneira, pretende-se analisar a influência do polimorfismo Pro12Ala no gene PPARG2 e as modificações na composição corporal e no lipidograma de pacientes obesos após 12 meses de cirurgia. Com os resultados obtidos, poderão ser ampliados os cuidados com os pacientes no pós-operatório de cirurgia bariátrica, no tratamento da obesidade e até mesmo na prevenção da obesidade.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)