Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da toxicidade de nanopartículas magnéticas utilizadas como agente teranóstico no tratamento de câncer

Processo: 14/06694-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Juliana Cancino Bernardi
Beneficiário:Cristiane Casonato Melo
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais nanoestruturados   Nanopartículas magnéticas

Resumo

Nos últimos anos a nanotecnologia passou a permear o dia-a-dia da sociedade moderna, tanto por produtos que já estão no mercado, como por meio dos veículos de informação. A nanotecnologia pode ser empregada desde áreas da engenharia à medicina, o que torna seu estudo e desenvolvimento de grande importância. As nanopartículas metálicas tem destaque na área de medicina pois possuem grande flexibilidade em relação a suas características. Dentre as nanopartículas metálicas, as nanopartículas de óxido de ferro do tipo core-shell são de grande interesse pois há a combinação de propriedades metálicas e magnéticas o que torna ampla suas aplicações. Porém, a maior desvantagem dessas nanopartículas são os efeitos tóxicos que elas podem apresentar. Com o interesse de diminuir tais efeitos, esse projeto de iniciação científica tem como maior motivação sintetizar e caracterizar nanopartículas de óxido de ferro do tipo core-shell e desenvolver e/ou aprimorar a formação de uma corona de albumina de soro bovino (BSA) ao redor da nanopartícula como estratégia para diminuir a toxicidade. O maior desafio será desenvolver nanopartículas estáveis na presença da biomolécula albumina do soro bovino para que essa nanopartícula possa ser aplicada em sistemas de terapia fotodinâmica sem possíveis danos toxicológicos. Além de diminuir os efeitos tóxicos de nanopartículas de óxido de ferro sem alterar suas principais características. A principal contribuição desse projeto será no desenvolvimento seguro da nanotecnologia, principalmente à aplicada a medicina, o que requer uma investigação sistemática. Esses estudos poderão ajudar no entendimento sobre a toxicidade de nanomateriais na escala molecular e trazer importantes benefícios ao desenvolvimento da nanomedicina.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.