Busca avançada
Ano de início
Entree

Emprego de riluzole, tempol e células tronco mesenquimais no tratamento da esclerose lateral amiotrófica em camundongos SOD1 G93A

Processo: 13/16168-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2014
Vigência (Término): 02 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Alexandre Leite Rodrigues de Oliveira
Beneficiário:Gabriela Bortolança Chiarotto
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/02895-6 - Papel do MHC de Classe I na progressão da ela em camundongos 129Sv-G93A, BE.EP.DR
Assunto(s):Riluzol   Células-tronco mesenquimais   Esclerose amiotrófica lateral

Resumo

A esclerose lateral amiotrófica é uma doença neurodegenerativa caracterizada pela perda seletiva de neurônios motores na medula espinal, tronco encefálico e córtex motor. Acredita-se que, a exemplo do que ocorre em outras doenças neurodegenerativas, o mecanismo patológico subjacente a ELA seja um conjunto de alterações celulares e bioquímicas que acabam por desencadear a degeneração de neurônios motores. O tratamento se baseia principalmente em medidas sintomáticas e a terapia farmacológica com riluzole não é curativa. Assim, é de máxima importância o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas. Como alternativa, existe a perspectiva do uso de nitróxidos cíclicos como o Tempol, uma vez que são antioxidantes multifuncionais que apresentam baixa toxicidade em animais experimentais. Outra opção é a terapia com células tronco para substituir neurônios em degeneração, ou impedir/retardar o processo de morte neuronal. O objetivo deste estudo é verificar se a interação entre riluzole, tempol e células tronco mesenquimais apresentam potencial terapêutico em camundongos transgênicos SOD1 G93A. O tratamento com riluzole (8mg/kg), Tempol (24mg/kg) e células tronco mesenquimais terá início aos 70 dias de vida dos animais transgênicos. Animais controle irão receber solução salina como veículo. Para determinar a idade de início dos sintomas da doença e diferenças na progressão, serão utilizados o teste motor Rotarod e o peso corporal dos animais. A sobrevida dos animais também será analisada. Após a eutanásia, as amostras serão processadas para a realização das seguintes técnicas: coloração de Nissl, imunoistoquímica, microscopia eletrônica de transmissão e qRT-PCR. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHIAROTTO, GABRIELA BORTOLANCA; CARTAROZZI, LUCIANA POLITTI; PEREZ, MATHEUS; BISCOLA, NATALIA PERUSSI; SPEJO, ALINE BARROSO; GUBERT, FERNANDA; FRANCA JUNIOR, MARCONDES; MENDEZ-OTERO, ROSALIA; RODRIGUES DE OLIVEIRA, ALEXANDRE LEITE. Tempol improves neuroinflammation and delays motor dysfunction in a mouse model (SOD1(G93A)) of ALS. JOURNAL OF NEUROINFLAMMATION, v. 16, n. 1 NOV 14 2019. Citações Web of Science: 0.
SPEJO, A. B.; CHIAROTTO, G. B.; FERREIRA, A. D. F.; GOMES, D. A.; FERREIRA JR, R. S.; BARRAVIERA, B.; OLIVEIRA, A. L. R. Neuroprotection and immunomodulation following intraspinal axotomy of motoneurons by treatment with adult mesenchymal stem cells. JOURNAL OF NEUROINFLAMMATION, v. 15, AUG 14 2018. Citações Web of Science: 5.
CHIAROTTO, GABRIELA BORTOLANCA; NARDO, GIOVANNI; TROLESE, MARIA CHIARA; FRANCA, JR., MARCONDES CAVALCANTE; BENDOTTI, CATERINA; RODRIGUES DE OLIVEIRA, ALEXANDRE LEITE. The Emerging Role of the Major Histocompatibility Complex Class I in Amyotrophic Lateral Sclerosis. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 18, n. 11 NOV 2017. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CHIAROTTO, Gabriela Bortolança. Emprego de riluzol, tempol e células-tronco mesenquimais no tratamento da esclerose lateral amiotrófica em camundongos SOD1G93A. 2018. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.