Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do proteoma cloroplastidial de plantas jovens de Eucalyptus urograndis cultivadas em atmosfera enriquecida com gás carbônico

Processo: 14/07454-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Silvicultura
Pesquisador responsável:Tiago Santana Balbuena
Beneficiário:Bruna Marques dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Proteoma   Mudança climática

Resumo

O setor florestal brasileiro é de grande importância para a economia nacional e para a sociedade, contribuindo para a geração de produtos, impostos, empregos e renda. Neste cenário, destaca-se a cultura do eucalipto, cuja área plantada vem crescendo devido à demanda do segmento de Papel e Celulose e atualmente é a principal fonte de matéria-prima para a indústria florestal brasileira. A emissão de dióxido de carbono pelas atividades humanas vem aumentando desde a revolução industrial, previsões indicam que ocorrerá um aumento expressivo da concentração atmosférica deste gás nos próximos anos, o que deve resultar em alterações metabólicas nas plantas e, por consequência, potencialmente impactar o setor florestal brasileiro. As principais organelas das células vegetais cujo metabolismo pode sofrer tais alterações são os cloroplastos, já que estas são as organelas-chave na fixação e início do particionamento de carbono nas plantas. A proteômica permite a análise de um grande número de proteínas que influenciam diretamente a bioquímica celular e fornece, assim, uma análise apurada do estado biológico ou mudanças sistemáticas ao longo do crescimento, desenvolvimento e resposta a fatores ambientais. O objetivo da presente proposta é avaliar se o cultivo de plantas jovens de Eucalyptus urograndis em ambiente enriquecido em CO2 resultará em alterações no proteoma cloroplastidial dessa espécie de grande importância econômica no Brasil.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS SANTOS, BRUNA MARQUES; BALBUENA, TIAGO SANTANA. Carbon assimilation in Eucalyptus urophylla grown under high atmospheric CO2 concentrations: A proteomics perspective. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 150, p. 252-257, JAN 6 2017. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SANTOS, Bruna Marques dos. Cultivo de Eucalyptus urograndis em atmosfera enriquecida com CO2 : mudanças no proteoma cloroplastidial. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.