Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação e autoconservação em chave freudiana: um retorno à crítica da razão instrumental de Max Horkheimer e Theodor Adorno

Processo: 14/00964-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 26 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Marcos Severino Nobre
Beneficiário:Raphael Eduardo Alves Concli
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/16541-3 - O diagnóstico da integração social na crítica da razão instrumental de Max Horkheimer e Theodor Adorno, BE.EP.MS
Assunto(s):Teoria crítica   Adaptação ambiental   Teoria freudiana   Razão   Filósofos   Alemães   Psicanálise

Resumo

Este projeto propõe um retorno ao período da crítica da razão instrumental no interior da tradição intelectual da Teoria Crítica no sentido de recuperar uma problematização ali levantada que nos parece permanecer pertinente: quais as formas e as consequências dos processos de adaptação dos homens à natureza com vistas a autoconservação identificadas por Theodor Adorno e Max Horkheimer. Este modelo crítico já foi alvo de diversas interpretações, as quais não se furtam em apontar seu diagnóstico aporético e a perspectiva transhistórica ali assumidos, ressaltando a importância de se ir além dos bloqueios a que chegaram seus autores. Tais leituras, contudo, costumam deixar de lado o uso de Freud em Dialética do Esclarecimento e Eclipse da Razão, recorrendo antes à influência de autores como Weber, Lukács e Pollock nestas obras. Pretende-se aqui retornar à crítica da razão instrumental a partir de seus textos inaugurais - Estado Autoritário e O Fim da Razão de Max Horkheimer - e seguir ali a via freudiana, comumente deixada de lado, a fim de se buscar quais elementos da Psicanálise estão presentes nas obras deste modelo crítico e de que modo Horkheimer e Adorno deles se valem para compreender o processo de adaptação dos indivíduos à sociedade. Nesta tentativa de esclarecer o papel da Psicanálise para Horkheimer e Adorno, queremos saber se a forma pela qual esta disciplina é mobilizada naquele modelo crítico pode auxiliar a uma compreensão historicamente situada dos fenômenos de adaptação. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.