Busca avançada
Ano de início
Entree

Órgãos subterrâneos de espécies brasileiras de Aldama la Llave (Asteraceae): uma nova perspectiva

Processo: 14/09401-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 25 de agosto de 2014
Vigência (Término): 24 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Beatriz Appezzato da Glória
Beneficiário:Arinawa Liz del Prado Filartiga
Supervisor no Exterior: Jitka Klimešová
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Czech Academy of Sciences (CAS), República Tcheca  
Vinculado à bolsa:12/02476-0 - Análises morfo-anatômicas e do óleo essencial de quatro espécies de Aldama la Llave (Asteraceae: Heliantheae), BP.DR

Resumo

Diversas espécies do Cerrado e Campo brasileiros são endêmicas e possuem órgãos subterrâneos espessados com meristemas dormentes (gemas). O banco de gemas dessas plantas permite a regeneração vegetativa e sobrevivência sob condições ambientais desfavoráveis e perturbações. Eventos de queima são frequentes no Cerrado e no Campo e a capacidade de rebrota é uma importante adaptação. Muitas plantas herbáceas e arbustivas do gênero Aldama que possuem um sistema subterrâneo especializado ocorrem nesses ecossistemas. Além disso, estas espécies também mostram atividades biológicas e farmacológicas em seus órgãos subterrâneos. As plantas da Europa Central que têm um sistema subterrâneo similar e que também podem desenvolver novos brotos estão agrupadas no banco de dados CLO-PLA3, que é uma ferramenta interessante para estudos sobre regeneração vegetativa após distúrbios, dinâmica populacional e avaliação de risco de espécies ameaçadas. Considerando que as espécies de Aldama possuem potencial biológico e farmacológico e que o Cerrado e Campo brasileiros estão sendo rapidamente devastados, o conhecimento sobre a biodiversidade é uma das etapas para o surgimento de iniciativas apropriadas de conservação. O objetivo geral desta proposta é criar um banco de dados semelhante ao CLO-PLA3 para as espécies de Aldama para facilitar e ajudar estudos futuros. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FILARTIGA, ARINAWA LIZ; KLIMESOVA, JITKA; APPEZZATO-DA-GLORIA, BEATRIZ. Underground organs of Brazilian Asteraceae: testing the CLO-PLA database traits. FOLIA GEOBOTANICA, v. 52, n. 3-4, SI, p. 367-385, DEC 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.