Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo genômico, proteômico e metabolômico do tecido gastrointestinal de portadores de diabetes melito tipo 2 após Gastroplastia Redutora a Y-Roux

Processo: 14/07742-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 12 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 09 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Dan Linetzky Waitzberg
Beneficiário:Priscila Sala Kobal
Supervisor no Exterior: Steven B. Heymsfield
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Pennington Biomedical Research Center, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/03246-0 - Estudo genômico, proteômico e metabolômico do tecido gastrointestinal de portadores de Diabetes melito tipo 2 após gastroplastia redutora a Y-Roux, BP.DD
Assunto(s):Diabetes mellitus tipo 2   Gastroplastia   Anastomose em-Y de Roux   Metabolômica   Proteômica   Transcriptômica

Resumo

Diabetes melito tipo 2 (DM2) é um relevante problema de saúde pública e obesidade tem sido associada como principal fator de risco. Gastroplastia redutora a Y-Roux é um método efetivo para tratar obesidade grave, e seus efeitos metabólicos levam à completa e precoce remissão de DM2, antes mesmo que ocorra perda de peso significativa. Experimentalmente, as alterações anatômicas induzidas por essa técnica cirúrgica podem alterar a expressão de genes gástricos e intestinais relacionados ao controle glicêmico, determinantes na resolução do DM2. No entanto, não há nenhum estudo clínico que comprove essa observação em humanos. Alguns hormônios gastrointestinais já foram estudados como possíveis responsáveis pelo rápido controle glicêmico após essa cirurgia metabólica, tais como, grelina, peptídeo YY, enteroglucagon e incretinas (GLP-1 e GIP). Devido ao efeito endócrino da gastroplastia redutora a Y-Roux, acredita-se que outros hormônios e mecanismos possam estar envolvidos na homeostase glicêmica observada após essa técnica cirúrgica. O estudo genômico, proteômico e metabolômico do tecido gastrointestinal de portadores de diabetes melito tipo 2 após gastroplastia redutora a Y-Roux pode nos levar ao melhor entendimento da fisiopatologia do DM2, possibilitando o estudo de novos alvos terapêuticos para essa condição clínica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SALA, PRISCILA; BELARMINO, GILIANE; MACHADO, NATASHA MENDONCA; CARDINELLI, CAMILA SIQUEIRA; AL ASSAL, KARINA; SILVA, MARIANE MARQUES; FONSECA, DANIELLE CRISTINA; ISHIDA, ROBSON KIYOSHI; SANTO, MARCO AURELIO; HOURNEAUX DE MOURA, EDUARDO GUIMARAES; SAKAI, PAULO; MOTA SIQUEIRA GUARDA, ISMAEL FRANCISCO; COTRIM GUERREIRO DA SILVA, ISMAEL DALE; RODRIGUES, AGATHA SACRAMENTO; DE BRAGANCA PEREIRA, CARLOS ALBERTO; HEYMSFIELD, STEVEN; DORE, JOEL; MATOS DE MIRANDA TORRINHAS, RAQUEL SUSANA; GIANNELLA-NETO, DANIEL; WAITZBERG, DAN LINETZKY. The SURMetaGIT study: Design and rationale for a prospective pan-omics examination of the gastrointestinal response to Roux-en-Y gastric bypass surgery. JOURNAL OF INTERNATIONAL MEDICAL RESEARCH, v. 44, n. 6, p. 1359-1375, DEC 2016. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.