Busca avançada
Ano de início
Entree

Incorporação de elementos bioactivas em superfícies de titânio por técnicas de anodização

Processo: 14/05325-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Luís Augusto Sousa Marques da Rocha
Beneficiário:Tiago dos Santos Pereira de Sousa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Bioatividade   Materiais nanoestruturados   Modificação de superfícies   Titânio

Resumo

O titânio e as suas ligas são muito usados para fabrico de implantes dentários, pois apresentam muito boas propriedades mecânicas, biológicas e alta resistência à corrosão. No entanto, algumas falhas de implantes são ainda reportadas na literatura. Deste modo, torna-se necessário desenvolver superfícies de titânio com propriedades melhoradas e capazes de responder de uma forma mais eficaz no ambiente intraoral.Através da técnica de anodização é possível controlar as propriedades finais da superfície, criando um filme de óxido de titânio com melhores propriedades biológicas, maior resistência à corrosão e excelentes propriedades mecânicas. Esta proposta visa a modificação superficial de amostras de titânio através da técnica de anodização de modo a obter excelentes propriedades osteogénicas, antimicrobianas e boa resistência à tribocorrosão. Na etapa de modificação das superfícies será dada atenção especial à incorporação de elementos bioativos no filme de óxido. Após a anodização, as amostras serão detalhadamente caracterizadas em termos da sua morfologia, estrutura, composição química e comportamento à corrosão em ambiente biológico.