Busca avançada
Ano de início
Entree

"avaliação da evasão do sistema imunológico por cepas patogênicas de Leptospira interrogans a nível da via terminal do sistema complemento"

Processo: 14/03792-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Ana Lucia Tabet Oller Do Nascimento
Beneficiário:Gabriela Hase Siqueira
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Leptospirose   Biotecnologia   Leptospira

Resumo

Leptospirose é uma zoonose mundial causada por espécies patogênicas do gênero Leptospira que acomete várias espécies de animais, incluindo humanos. Essa doença gera um grande prejuízo econômico tanto para a saúde humana como animal. Medidas de controle da doença direcionadas para o controle de roedores e para a melhoria das condições higiênico-sanitárias da população são difíceis de serem implementadas. A vacinação também é um desafio a ser superado, pois as vacinas disponíveis no mercado falham em induzir uma proteção duradoura e de amplo espectro. O entendimento da patogênese de um microrganismo pode auxiliar no desenvolvimento de estratégias de defesa contra o mesmo; em relação às leptospiras ainda pouco se sabe sobre os seus mecanismos de invasão e patogenicidade. Ao invadir um hospedeiro, um microrganismo deve ser capaz de escapar dos mecanismos da defesa inata do hospedeiro para conseguir colonizar tecidos alvos. Há alguns anos foi observada a capacidade de cepas patogênicas de leptospira sobreviverem à ação do sistema complemento, um componente essencial do sistema imune inato, e mais recentemente foi demonstrado que as leptospiras se ligam à reguladores desse sistema para a modulação da resposta imune. Uma das estratégias de sobrevivência utilizadas por alguns patógenos, porém ainda pouco explorada, é a evasão da via terminal do sistema complemento. Esse projeto propõe avaliar a capacidade de leptospiras patogênicas inibirem a ação dessa via, bem como tentar identificar proteínas envolvidas diretamente nesse processo. A neutralização dessas proteínas pode eventualmente impedir a colonização de tecidos do hospedeiro por essas bactérias e essa estratégia pode ser eficiente para o desenvolvimento de uma vacina contra a leptospirose.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SIQUEIRA, GABRIELA H.; DE SOUZA, GISELE O.; HEINEMANN, MARCOS B.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; NASCIMENTO, ANA L. T. O. The role of Lsa23 to mediate the interaction of Leptospira interrogans with the terminal complement components pathway. Microbial Pathogenesis, v. 112, p. 182-189, NOV 2017. Citações Web of Science: 3.
COSATE, MARIA RAQUEL; SIQUEIRA, GABRIELA HASE; DE SOUZA, GISELE OLIVEIRA; VASCONCELLOS, SILVIO ARRUDA; NASCIMENTO, ANA LUCIA T. O. Mammalian cell entry (Mce) protein of Leptospira interrogans binds extracellular matrix components, plasminogen and 2 integrin. MICROBIOLOGY AND IMMUNOLOGY, v. 60, n. 9, p. 586-598, SEP 2016. Citações Web of Science: 3.
SIQUEIRA, GABRIELA H.; TEIXEIRA, ALINE F.; FERNANDES, LUIS G.; DE SOUZA, GISELE O.; KIRCHGATTER, KARIN; ROMERO, ELIETE C.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; VIEIRA, MONICA L.; NASCIMENTO, ANA LUCIA T. O. The recombinant LIC10508 is a plasma fibronectin, plasminogen, fibrinogen and C4BP-binding protein of Leptospira interrogans. PATHOGENS AND DISEASE, v. 74, n. 2 MAR 2016. Citações Web of Science: 3.
SIQUEIRA, GABRIELA H.; ATZINGEN, MARINA V.; DE SOUZA, GISELE O.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; NASCIMENTO, ANA L. T. O. Leptospira interrogans Lsa23 protein recruits plasminogen, factor H and C4BP from normal human serum and mediates C3b and C4b degradation. MICROBIOLOGY-SGM, v. 162, n. 2, p. 295-308, FEB 2016. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.