Busca avançada
Ano de início
Entree

Invasão biológica de uma espécie de palmeira exótica mediada por aves frugívoras

Processo: 14/04938-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mauro Galetti Rodrigues
Beneficiário:Ana Laura Pugina Cintra
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Invasão biológica   Palmeiras   Archontophoenix cunninghamiana   Euterpe edulis   Animais frugívoros

Resumo

A introdução de espécies exóticas pode resultar em um processo de invasão biológica em ambientes naturais, reconhecido como uma das maiores ameaças à biodiversidade global. O estabelecimento e a propagação de uma espécie exótica pode afetar negativamente as relações mutualísticas entre as espécies da comunidade nativa. A introdução de uma planta zoocórica pode afetar as interações entre as plantas nativas e seus dispersores de semente. A competição por dispersores é um dos mecanismos pelo qual uma planta exótica pode causar a ruptura desse tipo de interação. O entendimento de como as espécies modificam a estrutura das redes de interação das plantas nativas com seus dispersores de sementes é essencial para compreender os efeitos das invasões biológicas na biota nativa. O objetivo deste estudo é investigar as relações entre as aves nativas dispersoras e uma espécie de palmeira exótica invasora (Archontophoenix cunninghamiana) e seus possíveis efeitos sobre a rede de interações de uma palmeira nativa ameaçada de extinção (Euterpe edulis). Para isso, registraremos a frugivoria nas duas espécies de palmeira através do método de observação focal, a ser realizado em três áreas de estudo, sendo duas áreas com ocorrência de apenas uma das palmeiras e uma área onde as duas espécies coexistem. Calcularemos a efetividade de dispersão para cada espécie de frugívoro e construiremos as redes de interações para cada palmeira utilizando a efetividade de dispersão como uma medida da intensidade de interação. A hipótese é de que a sobreposição da assembléia de frugívoros de A. cunninghamiana e E. edulis interfere negativamente nas interações mutualísticas entre as aves e a palmeira nativa através da competição por frugívoros dispersores, podendo afetar o potencial reprodutivo desta palmeira nas áreas de coocorrência com A. cunninghamiana. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CINTRA, Ana Laura Pugina. Efetividade de dispersão de sementes por aves da palmeira invasora Archontophoenix spp. na Mata Atlântica. 2016. 40 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.