Busca avançada
Ano de início
Entree

Adição de cloreto de alumínio e fluoreto de alumínio para inibir a descoloração dentária ocasionada pelo MTA: avaliação das propriedades físicas, químicas e biológicas

Processo: 14/01003-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marco Antonio Hungaro Duarte
Beneficiário:Marina Angélica Marciano da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Equipamentos endodônticos

Resumo

O MTA branco apresenta diversas aplicações na Endodontia, devido a suas propriedades biológicas satisfatórias. Porém, apresenta o inconveniente de causar o manchamento das estruturas dentárias, o que é indesejável em áreas com envolvimento estético. A desestabilização da molécula do radiopacificador óxido de bismuto tem sido apontada como a causa do escurecimento. O objetivo do estudo é avaliar a adição de cloreto de alumínio e fluoreto de alumínio ao MTA para inibir a desestabilização do óxido de bismuto e a descoloração dentária. Serão avaliadas as proporções de 0,5; 1,0 e 3,0% das substâncias adicionadas, em peso, ao MTA branco, em relação à caracterização química, radiopacidade, tempo de presa, solubilidade, pH, liberação de íons cálcio e flúor, descoloração dentária e biocompatibilidade. O MTA branco será o controle. Os cimentos serão manipulados utilizando 1 g de pó e 0,3 mL de água destilada. Serão feitas análises da composição química dos cimentos em MEV, EDS e XRD. A radiopacidade e o tempo de presa serão determinados de acordo com a norma ISO 6876/2001. A solubilidade será avaliada volumetricamente em micro-CT. O pH e a liberação de íons cálcio e flúor, serão determinados nos períodos de 3, 24 horas e 28 dias. A descoloração dentária será avaliada antes da inserção dos cimentos, imediatamente após a inserção, e nos períodos de 28, 60, 90 e 180 dias após a inserção. A biocompatibilidade será avaliada por meio da implantação em tecido subcutâneo de ratos. Os resultados serão submetidos ao teste de normalidade de D'Agostino e Pearson para escolha do teste estatístico mais adequado (p < 0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARCIANO, MARINA ANGELICA; CAMILLERI, JOSETTE; LUCATELI, RIBAMAR LAZANHA; COSTA, REGINALDO MENDONCA; MATSUMOTO, MARIZA AKEMI; HUNGARO DUARTE, MARCO ANTONIO. Physical, chemical, and biological properties of white MTA with additions of AlF3. CLINICAL ORAL INVESTIGATIONS, v. 23, n. 1, p. 33-41, JAN 2019. Citações Web of Science: 2.
DUQUE, J. A.; FERNANDES, S. L.; BUBOLA, J. P.; DUARTE, M. A. H.; CAMILLERI, J.; MARCIANO, M. A. The effect of mixing method on tricalcium silicate-based cement. International Endodontic Journal, v. 51, n. 1, p. 69-78, JAN 2018. Citações Web of Science: 5.
MARCIANO, MARINA ANGELICA; CAMILLERI, JOSETTE; COSTA, REGINALDO MENDONCA; MATSUMOTO, MARIZA AKEMI; GUIMARAES, BRUNO MARTINI; HUNGARO DUARTE, MARCO ANTONIO. Zinc Oxide Inhibits Dental Discoloration Caused by White Mineral Trioxide Aggregate Angelus. JOURNAL OF ENDODONTICS, v. 43, n. 6, p. 1001-1007, JUN 2017. Citações Web of Science: 6.
MARCIANO, MARINA ANGELICA; GUIMARAES, BRUNO MARTINI; AMOROSO-SILVA, PABLO; CAMILLERI, JOSETTE; HUNGARO DUARTE, MARCO ANTONIO. Physical and Chemical Properties and Subcutaneous Implantation of Mineral Trioxide Aggregate Mixed with Propylene Glycol. JOURNAL OF ENDODONTICS, v. 42, n. 3, p. 474-479, MAR 2016. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.