Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento da emergência do tipo virulento do coronavírus felino por PCR quantitativa e análise de marcadores moleculares

Processo: 14/01919-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Brandão
Beneficiário:Aline Santana da Hora
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Virologia veterinária   Gatos   Coronavirus felino   Peritonite infecciosa felina   Técnicas e procedimentos diagnósticos   Análise de sequência de DNA   Marcador molecular   RNA mensageiro   Reação em cadeia da polimerase em tempo real

Resumo

O vírus da peritonite infecciosa felina (FIPV) emerge por mutações do coronavírus entérico (FECoV). A peritonite infecciosa felina (PIF) é uma doença sistêmica, imunomediada e progressivamente fatal que acomete os felinos domésticos e selvagens. A diferenciação entre FIPV e FECoV é um aspecto diagnóstico crítico da infecção pelo coronavírus felino (FCoV), atualmente não há nenhum teste rápido capaz de realizar tal diferenciação, portanto, o diagnóstico da PIF mais usado é o clínico. Adicionalmente, estudos filogenéticos são essenciais para subsidiar informações que auxiliarão no desenvolvimento de métodos diagnósticos e preventivos mais precisos. O presente estudo tem por objetivo desenvolver e aplicar uma RT-PCR em tempo real (RT-qPCR) dirigida ao RNAm do gene E dos FCoVs em gatos com ou sem sintomas de enterite ou peritonite infecciosa felina (PIF) mantidos em abrigos, nos municípios de São Paulo - SP e Rio de Janeiro - RJ. Serão estudadas nesta população a associação entre a quantificação do RNAm dos FCoVs, a emergência do biotipo FIPV e a evolução clínica em estudo longitudinal. Os gatis foram selecionados de tal forma a se completar um número total mínimo de 112 animais. De todos os animais foram coletadas amostras de sangue total e fezes. Naquelas amostras que apresentarem uma tendência crescente quanto ao RNAm dos FCoVs, será realizado o sequenciamento dos genes S, M, N, E, 3 e 7 a fim de monitorar o aparecimento de mutações que caracterizem o FIPV. As sequências de nucleotídeos obtidas serão comparadas geneticamente entre si e entre aquelas disponíveis em bancos de dados genéticos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HORA, ALINE S.; MIYASHIRO, SAMANTHA I.; CASSIANO, FABIANA C.; BRANDAO, PAULO E.; RECHE-JUNIOR, ARCHIVALDO; PENA, HILDA F. J. Report of the first clinical case of intestinal trichomoniasis caused by Tritrichomonas foetus in a cat with chronic diarrhoea in Brazil. BMC Veterinary Research, v. 13, APR 17 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.