Busca avançada
Ano de início
Entree

Fungos de solos da Antártica: prospecção de enzimas de interesse industrial e caracterização taxonômica

Processo: 14/10207-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Lara Durães Sette
Beneficiário:Marina Vitti Vianna
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Enzimas   Asparaginase   Fungos   Taxonomia dos grupos recentes   Leveduras   Biotecnologia   Antártica

Resumo

Ambientes extremos como os da Antártica são fontes potenciais para a descoberta de novos produtos naturais de origem microbiana com propriedades específicas para aplicação biotecnológica, devido ao pouco conhecimento sobre a diversidade e os recursos genéticos dos micro-organismos que habitam esses locais. Estudos prévios de prospecção de micro-organismos do ambiente Antártico têm revelado o potencial para a produção de enzimas ativas em temperaturas brandas com possível aplicação em diversos setores de importância econômica. Assim, o presente projeto tem como objetivo principal investigar a produção de enzimas (protease e L-asparaginase) produzidas por fungos filamentosos e leveduras isolados de diferentes amostras de solo da Antártica, bem como conhecer e comparar a diversidade de leveduras das amostras estudadas. Para tanto, serão utilizados os fungos filamentosos (n=119) e as leveduras (n=147) que foram isolados a partir dos solos coletados na expedição Antártica de nov/dez de 2013 no âmbito do INCT Criosfera, os quais encontram-se preservados na coleção de pesquisa vinculada à Central de Recursos Microbianos da UNESP (CRM-UNESP). A condução do presente projeto poderá resultar na obtenção de bioproduto ou patente relacionada à produção de enzima de interesse industrial, incluindo o setor farmacêutico, bem como permitirá a ampliação do conhecimento da diversidade de leveduras da Antártica. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIANNA, Marina Vitti. Fungos de solos da Antártica : prospecção de L-asparaginase e protease e caracterização taxonômica. 2016. 87 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.