Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da patogenicidade e da expressão de genes formadores de biofilme de Candida albicans após interação com Lactobacillus rhamnosus: estudo in vitro e in vivo

Processo: 14/07791-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Antonio Olavo Cardoso Jorge
Beneficiário:Felipe de Camargo Ribeiro
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia   Virulência   Expressão gênica   Biofilmes   Candida albicans   Lactobacillus rhamnosus   Galleria mellonella

Resumo

A grande incidência de candidoses causadas por Candida albicans e sua grande capacidade de adaptação e resistência aos antifúngicos impulsionam o desenvolvimento de pesquisas para a descoberta de terapias alternativas para essa infecção. Portanto, o objetivo desse trabalho é avaliar a interação entre C. albicans e Lactobacillus rhamnosus, uma bactéria probiótica, avaliando-se a patogenicidade e a expressão de genes que regulam formação do biofilme de C. albicans, in vivo e in vitro. Serão utilizadas cepas de C.albicans ATCC 18804 e L. rhamnosus ATCC 1465 provenientes do Laboratório de Microbiologia do Instituto de Ciências e Tecnologia de São José dos Campos/UNESP. Para o estudo serão preparadas duas suspensões de L. rhamnosus, uma contendo a porção celular e a outra somente o sobrenadante da cultura, livre de células. Os ensaios de biofilme serão realizados em placas de 96 poços, onde serão adicionados os dois microrganismos para que possam interagir entre si. Transcorridas 48 h os biofilmes serão desprendidos em sonicador e, a seguir, serão realizadas diluições seriadas, e a partir dessas diluições serão semeadas para a contagem de unidade formadoras de colônias (UFC/ml) de C. albicans. A avaliação metabólica de C. albicans será realizada através do ensaio colorimétrico XTT, após interação no modelo de biofilme. Os genes de C. albicans serão quantificados pela RT-PCR em tempo real após a interação destes dois micro-organismos em modelo de biofilme utilizando a metodologia proposta. O modelo experimental Galleria mellonella será utilizado nos ensaios de patogenicidade de C. albicans em interação com as diferentes suspensões de L. rhamnosus. Os resultados obtidos neste estudo irão contribuir para um melhor entendimento entre a interação desses dois microrganismos e possibilitarão a utilização de bactérias probióticas no desenvolvimento de novas terapias em infecções causadas pelas leveduras do gênero Candida. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO, F. C.; DE BARROS, P. P.; ROSSONI, R. D.; JUNQUEIRA, J. C.; JORGE, A. O. C. Lactobacillus rhamnosus inhibits Candida albicans virulence factors in vitro and modulates immune system in Galleria mellonella. Journal of Applied Microbiology, v. 122, n. 1, p. 201-211, JAN 2017. Citações Web of Science: 20.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RIBEIRO, Felipe de Camargo. Influência de Lactobacillus rhamnosus na patogenicidade e na expressão de genes de virulência de Candida albicans: estudo in vitro e in vivo. 2015. 73 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Instituto de Ciência e Tecnologia (Campus de São José dos Campos)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.