Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos mecanismos moleculares e biofísico de ação antioxidante envolvidos na resposta anti-inflamatória intestinal da 6,7-dihidroxi-4-metilcumarina

Processo: 13/19138-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Luiz Claudio Di Stasi
Beneficiário:Alexandre Tanimoto
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Espectroscopia   Doenças inflamatórias intestinais   Biofísica

Resumo

A Doença Inflamatória Intestinal (DII) possui incidência crescente no mundo todo e é caracterizada como processo inflamatório idiopático, crônico, com recidiva do trato gastrointestinal. A pesquisa de novos medicamentos para a DII, ainda sem cura, deve considerar aspectos interdisciplinares, especialmente quanto aos mediadores que participam da resposta anti-inflamatória de novos compostos potencialmente úteis para tratar a DII em humanos. Recentemente, nosso grupo de pesquisa demonstrou que a 6,7-dihidroxi-4-metilcumarina (4-ME), um derivado cumarínico natural, apresenta potente atividade anti-inflamatória intestinal, a qual foi relacionada às suas propriedades antioxidante e inibitória da produção de citocinas pró-inflamatórias. Com base nas informações apresentadas, o presente estudo tem como objetivos identificar os mecanismos de ação antioxidantes que participam da resposta anti-inflamatória intestinal produzida pela 4-ME no modelo de inflamação intestinal induzida por TNBS em ratos e caracterizar por técnicas de biofísica molecular se existe interação direta deste composto com os principais mediadores do estresse oxidativo envolvidos com o processo inflamatório intestinal, como a glutationa peroxidase (GPx) e a proteína inibitória ºB (IºB). Para tal, serão realizados estudos no modelo de inflamação intestinal induzida por TNBS em ratos através da quantificação de radicais livres; da determinação fatores de transcrição, da expressão gênica e da atividade enzimática de fatores pró e antioxidantes, tais como a lipoxigenase, cicloxigenase, mieloperoxidase, superóxido dismutase, catalase, enzimas dependentes de glutationa, NF-ºB e Nrf2 e, finalmente, avaliar os paramentos da interação de 4-ME com GPx e IºB pela técnica de espectroscopia de fluorescência por meio de titulação fluorimétrica, cálculo das constantes de associação e verificação do número de sítios de ligação existentes para a 4-ME nas proteínas. Com o presente trabalho, espera-se melhor elucidar o principal mecanismo de ação envolvido no efeito anti-inflamatório e antioxidante da 4-ME. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TANIMOTO, Alexandre. Investigação dos mecanismos moleculares e biofísico de ação antioxidante envolvidos na resposta anti-inflamatória intestinal da 6,7-dihidroxi-4-metilcumarina. 2017. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.