Busca avançada
Ano de início
Entree

Dificuldades associadas à autoaplicação de insulina em pacientes portadores de Diabete Mellitus tipo 2 em serviço de atenção terciária

Processo: 14/03059-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Maria Cândida Ribeiro Parisi
Beneficiário:Karina Saiuri Takatori
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Diabetes mellitus   Automedicação   Autocuidado   Análise quantitativa

Resumo

Trata-se de um estudo quantitativo que objetiva descrever dificuldades relacionadas à autoaplicação de insulina em portadores de Diabetes Mellitus 2 acompanhados em serviço terciário. Sabemos que o tratamento adequado é o principal fator relacionado ao controle da doença e prevenção de possíveis complicações, para isso, são necessários o aprendizado correto da técnica adequada de manuseio e aplicação da insulina. No entanto, mesmo em pacientes insulinizados há muito tempo, é frequente o desconhecimento dessas técnicas, o que contribui para uma aplicação inadequada do medicamento e interfere na eficácia do tratamento. Além do desconhecimento da técnica de uso da insulina, outros fatores como déficits visuais, motores e neurológicos também correspondem a grandes barreiras à autoaplicação correta, e devem ser investigados pelo profissional antes da orientação de autoaplicação. Visto isso, esse trabalho irá enumerar tais barreiras com o intuito de conhecermos a principal falha e dificuldade dos pacientes na insulinoterapia.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)